Impasse sobre acúmulo de água por Belo Monte divide governo

Faltando apenas alguns dias para fevereiro, e ainda não há definição sobre qual quantidade de água deverá passar pelas turbinas da hidrelétrica de Belo Monte no próximo mês, um impasse que tem comprometido a vida no Rio Xingu e que põe em xeque a quantidade de energia a ser produzida pela hidrelétrica.

Na última quarta-feira, 27, uma comitiva formada por membros do Ministério de Minas e Energia (MME), do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Ibama deve ir até a região de Altamira, no Pará, para fazer uma visita técnica e sobrevoar a área da Volta Grande do Xingu, onde a usina foi erguida. Há previsão de que o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e o presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim, acompanhem o grupo. Na segunda-feira, 25, o assunto foi tratado em reunião fechada, na Casa Civil da Presidência da República.

Fonte: A Voz do Xingu com Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *