Com atividades não presenciais, ano letivo 2021 será iniciado pela Seduc nesta quarta (3)

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) iniciará o ano letivo da rede estadual de ensino, nesta quarta-feira, dia 3 de fevereiro, com a realização de aulas e atividades não presenciais para todos os alunos matriculados na rede em 2021. A decisão do Governo do Pará pelo não retorno presencial, neste momento, visa a proteção da saúde e segurança da comunidade escolar no enfrentamento da Covid-19, visto que, o cenário epidemiológico no estado encontra-se com embandeiramentos diferenciados.

Neste sentido, a Seduc dará continuidade ao movimento “Todos Em Casa Pela Educação” – criado em março de 2020 – como garantia à aprendizagem no período de isolamento social, que ocasionou a suspensão das aulas presenciais na rede.

Com a decisão, todos os alunos matriculados na rede pública estadual em 2021, em todas as modalidades e níveis da Educação Básica, continuarão com as atividades não presenciais e terão acesso ao conteúdo pedagógico por meio de videoaulas transmitidas diariamente pela TV Cultura com conteúdos do ensino fundamental e médio; áudios educativos por meio do Seducast; conteúdos de aprendizagens pelo “Para Casa”, cadernos de atividades estruturantes, compêndios de atividades – todos disponibilizados pela plataforma digital no site da Seduc, além da entrega de caderno de atividades impressos para os estudantes que não utilizam o meio virtual de aprendizagem.

Os cadernos de atividades são produzidos periodicamente pelos professores da rede e entregues aos alunos e/ou pais e responsáveis na escola e devolvidos para a correção do docente. Como medida de manter a comunicação e interação entre aluno e educador, os professores oferecem atendimento via whatsapp e demais plataformas digitais.

O planejamento de entrega e devolutiva das atividades não presenciais será feito conforme escala elaborada e estabelecida pela direção de cada unidade de ensino, bem como a frequência escolar será mensurada através da participação nas aulas e atividades escolares não presenciais.

O cumprimento da carga horária do alunado será computado, por meio de planilha preenchida pelo docente, a partir do dia 3 de fevereiro, salvo os municípios que se encontram em período de lockdown.

MUNICÍPIOS COM BANDEIRAMENTOS LARANJA E VERMELHO

Para os municípios que se encontram em bandeiramento laranja e vermelha, os professores, como garantia às atividades não presenciais, devem planejar e elaborar suas atividades em trabalho home office e encaminhar às escolas, até que a situação sanitária esteja favorável.

A secretária de Educação do Estado, Elieth de Fátima Braga, diz que o momento é de cuidado com a saúde da comunidade escolar, mas conta com a compreensão de todos para dar continuidade ao processo de ensino-aprendizagem.

“Este ano letivo de 2021 com certeza será mais um ano de aprendizado para nossa rede educacional e nós faremos todo o esforço necessário, como política do governo estadual, para garantir o processo de aprendizagem aos nossos alunos, respeitando a questão epidemiológica e garantindo que, quando houver o retorno presencial, haja total segurança. Todas ações que vem sendo implementadas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) desde março de 2020, terão continuidade nesta nova etapa. Vamos sem dúvida nenhuma fazer com que este ano de 2021 tenha melhor resultado que 2020, agradecemos o apoio de todos os professores, diretores, corpo técnico e toda a escola e pedindo a Deus que nos dê um ano abençoado”, ressaltou a titular da Seduc, Elieth Braga.

CURRÍCULO CONTINUUM – O calendário letivo de 2021 seguirá a resolução do Conselho Estadual de Educação (CEE) que garante a aplicação do currículo continuum, como forma de amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19 no âmbito educacional e para integralizar a carga horária dos anos letivos 2020/2021, conforme estabelece a LDB 9394/96, carga horária mínima anual de 800 horas.

A Secretária-adjunta de Ensino da Seduc, professora Regina Pantoja, explica que, “após todas as orientações, já validadas pelo Conselho de Estado de Educação, através da Resolução 020/21, a Seduc disponibilizou toda a documentação às unidades escolares da rede estadual. Dentre essas orientações, estão pautados o calendário escolar, o currículo continuum, atividades não presenciais e portarias que regulamentam o ano letivo 2021”, finalizou a secretária de ensino.

No ano letivo de 2021, serão cumpridos 232 dias letivos, com 7 horas e meia cada, perfazendo o cômputo de 1.740 horas anuais, para a aplicação do currículo continuum.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *