Operação Cratera segue investigando fraudes cometidas na gestão de Simão Jatene

Polícia Civil do Pará, por meio da Diretoria Estadual de Combate à Corrupção, cumpriu mandados de busca e apreensão na manhã desta última segunda-feira (01), no desdobramento da “Operação Cratera” deflagrada no sábado (30), para apurar indícios de fraude em licitação e desvios de verbas públicas no programa Asfalto na Cidade, de 2013 a 2018. A ação ocorreu de forma simultânea na Região Metropolitana de Belém.

Os alvos dessa fase da operação foram empresários e donos de empreiteiras, envolvidas no esquema investigado. Há suspeita de crimes de fraude à licitação, peculato, associação criminosa, corrupção ativa e passiva. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas residências dos proprietários e sedes de construtoras. Na ação foram coletados e apreendidos documentos, aparelhos celulares e computadores, os quais serão objetos de análise e perícia para apuração dos indícios.

Primeira fase da operação

Na manhã do último sábado (30)foram cumpridos mandados de busca e apreensão de materiais para análise e uma prisão em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, em Belém e Interior do Estado.

A operação contou com a participação de policiais civis do Núcleo de Inteligência da Policia Civil e Centro de Pericias Cientificas Renato Chaves.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *