Polícia Civil prende mais dois envolvidos em roubo à agência bancária em Cametá

A Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antissequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prendeu três envolvidos no roubo a uma agência bancária ocorrido em dezembro do ano passado, no município de Cametá, na Região de Integração Tocantins. As prisões ocorreram durante a Operação Strike, deflagrada nesta quarta e quinta-feira (3 e 4), nos municípios de Águas Lindas de Goiás (GO) e Tucuruí, no sudeste do Pará.

A Operação Strike iniciou após amplo trabalho investigativo de inteligência, que possibilitou identificar o núcleo responsável pelo planejamento, organização e execução do crime, resultando na expedição dos mandados de prisão preventiva e busca e apreensão.

Prisões – Nesta quarta e quinta-feira, um homem e uma mulher foram presos em Águas Lindas de Goiás, acusados de participação direta no planejamento, financiamento e execução do delito. Já no município de Tucuruí, um cabo da Polícia Militar foi preso. Segundo as investigações, ele é um dos principais organizadores do crime, também tendo participado do planejamento e apoio logístico ao bando na região de abrangência dos municípios de Cametá, Tucuruí e Baião, além de atuação direta no roubo.

Durante a Operação também foram apreendidos aparelhos celulares, entorpecentes e veículos utilizados na logística e preparação do crime.

A Operação Strike contou com o apoio de policiais civis das Superintendências de Polícia Civil de Tucuruí e Abaetetuba, de policiais militares da Corregedoria do Comando de Policiamento Regional (CPR IV) e policiais civis do Grupo Antirroubo a Banco (GAB/Deic), da Polícia Civil de Goiás.

Um morto – No roubo à agência bancária, 12 homens fizeram moradores de Cametá reféns. Uma pessoa foi atingida por disparos e não resistiu. Dois veículos usados na ação foram abandonados durante a fuga: um no KM-40 da Rodovia Transcametá, e outro no Rio Itaperaçu, já no município de Baião.

No primeiro carro foram encontrados 38 quilos de dinamite, cartuchos e outros itens. No segundo veículo havia fragmentos, explosivos e projéteis.

No dia 17 de dezembro, o primeiro envolvido na ação foi preso pelas equipes da DRRBA/DRCO em Wanderlândia, município do Estado do Tocantins.

RG 15 / O Impacto com informações da PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *