Artigo – Forças armadas, uma desmoralização atrás da outra [Vídeo]

Por Oswaldo Bezerra

O Exército Brasileiro é uma das três Forças Armadas do Brasil, responsável, pela defesa do país em operações terrestres, pela garantia da lei, da ordem e dos poderes constitucionais. O Comandante Supremo é o Presidente da República. Fundado em 1822, a Instituição nunca foi tão desmoralizada como agora.

Para falar a verdade, as 3 forças armadas brasileiras estão muito desmoralizadas. A começar pela atuação na política interna, que não é algo bem-visto em nenhuma nação civilizada do mundo. Segundo, pela clara atuação em golpes de Estado dando apoio a nações estrangeiras.

O tráfico de drogas praticado por militares no avião presidencial foi uma desmoralização que inaugurou o governo Bolsonaro. Tráfico pelas forças armadas já acumulava muitos episódios. Neste governo, a inabilidade de militares nos cargos que ocupam trouxe preocupação no que concerne a nossa defesa. Vem a pergunta, eles são mesmos aptos?

Nem esfriou ainda a polêmica do governo federal ter gasto R$ 15 milhões na compra de leite condensado. As Forças Armadas já se envolvem em outra controvérsia de origem gastronômica.

Dessa feita, o caso envolve cerveja, picanha e carvão. O fato gerou até uma “marchina” que ficou popular na internet.

Um levantamento feito pelos deputados do PSB mostra que os comandos das Forças Armadas adquiriram, por meio de licitação, cerca de 80 mil unidades de cerveja e mais de 700 toneladas de picanha.

O relatório aponta ainda um superfaturamento de mais de 60% na compra, quando comparado com preço desses itens em supermercados. Os dados foram obtidos diretamente do orçamento federal. Com base nos números levantados, o grupo apresentou denúncia à Procuradoria-Geral da República contra o governo federal.

Segundo as compras demonstram, as tropas são exigentes na hora de fazer um churrasco. As cervejas compradas foram todas das marcas mais caras e as carnes, de primeira.

Por exemplo, das 80 mil cervejas adquiridas, foram compradas 500 garrafas da cerveja Stella Artois, no valor de R$ 9,05. Uma garrafa de Stella Artois custa no supermercado R$ 4,00. Isso demonstra o superfaturamento.

No relatório do PSB enviado à PGR, foram anexadas fotografias de supermercados dos mesmos produtos, provando que houve superfaturamento e pedindo investigação.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Artigo – Forças armadas, uma desmoralização atrás da outra [Vídeo]

  • 13 de fevereiro de 2021 em 08:17
    Permalink

    Típico artigo de um comunista recalcado e calhorda, pois sua intenção é desmoralizar um dos baluartes da democracia brasileira, de alto conceito no seio da sociedade, que em várias ocasiões foi o garantidor da nossa liberdade, ao rechaçar a intenção dos marxistas em escravizar o nosso povo. Na verdade eles temem a reação, não somente do Exército mas das demais Forças, numa eventual tentativa de querer usurpar a Presidência de Bolsonaro, ganhar “no tapetão” o que não conseguem nas urnas, mesmo com a colaboração das famigeradas urnas eletrônicas. A orquestração vermelha é muito ampla, pois contam com a colaboração de outros difamadores também no exterior, ora é a Amazônia queimando por culpa do Bolsonaro, ora é o alastramento do vírus chinês, também por culpa do Bolsonaro ou a invencionice do “leite condensado”, já desmascarada quando se divide o total da despesa pelo número de militares e funcionários públicos que consomem o produto. Enfim, já percebendo que não sairão vitoriosos em 22, estão desesperados com a “Síndrome do Cofre Fechado”, resultado da abstinência forçada de dois anos, sem roubar as estatais e os cofres públicos, agora vigiados pelo ex capitão Bolsonaro, que não rouba, nem deixa roubar e ainda transformou o Brasil num gigantesco canteiro de obras, concluindo até aquelas inacabadas da época ptralha, então fontes de roubalheiras, os “pixuleco$” do inocento Ratazana 51 ou a compra pela Dilma, nos USA, de refinaria inoperante e enferrujada, pagando 1,7 bilhões “sem ler o contrato” ! Bezerra, vai berrando que acabou o leite, foram desmamado$ !!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *