Membro da APRUSAN é flagrada manipulando alimentos sem utilizar máscara

Chegou à redação do O Impacto uma denúncia de que hoje pela manhã, na feira da Cohab, uma das trabalhadoras estava manipulando alimentos sem utilizar a máscara protetora. Tal comportamento arrisca a vida das pessoas, pois pode contaminar os produtos. Além do mais, as medidas sanitárias de combate ao novo corona vírus exigem que todos utilizem máscaras em locais públicos para evitar o espalhamento da doença.

Segundo a pessoa que fez a denúncia, a trabalhadora estava manipulando derivados da mandioca sem utilizar a máscara. Questionada, a mulher disse que iria colocar, mas não cumpriu o que havia dito. Somente após nova chamada por parte do denunciante é que ela por fim cobriu a boca e o nariz com a máscara.

“Eu falei: coloque a máscara, pois a senhora está falando em cima da farinha, dos alimentos. E entrei rapidamente. Quando voltei,  ela estava peneirando tapioca ainda sem a máscara. Achei aquilo um absurdo porque a doença é fato, eu já senti na pele aqui, ela não é uma lenda, uma história. E a pessoa manipular o alimento assim é muito chato, porque você não tem segurança pra comprar”, desabafou a pessoa denunciante.

O que mais causou revolta foi o fato de a trabalhadora usar um crachá da APRUSAN (Associação dos Produtores Rurais de Santarém), ou seja, provavelmente ela deve ter sido orientada de alguma forma sobre as normas sanitárias a serem cumpridas. Quem fez a denúncia a nós tentou contatar a APRUSAN, porém a pessoa disse que o número disponível para contato contava como não existente.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Membro da APRUSAN é flagrada manipulando alimentos sem utilizar máscara

  • 27 de fevereiro de 2021 em 16:49
    Permalink

    Este tipo de comportamento é usual na feiras, mercados e nas ruas. As pessoas ainda não estão consciente do perígo desse vírus, estão brincando com coisa séria e depois ficam desesperadas nas portas dos hospitais querendo uma vaga – vaga essa que não existe mais. Culpam prefeitos etc, mas o maior culpado por tanta contaminação eh o próprio povo. Infelizmente

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *