Servidoras da Câmara de Santarém participarão da campanha “Mulheres que doam sangue, salvam vidas”

Na próxima segunda-feira (8), para marcar o Dia Internacional da Mulher, haverá programação de doação de sangue no Hemopa Santarém. Durante toda a semana, de 8 a 13 de março, as servidoras da Câmara Municipal vão até ao Hemopa Santarém para fazer a doação de sangue. Com o tema “Mulheres que doam sangue, salvam vidas”, o grupo pretende mobilizar cerca de 200 mulheres para aumentar o estoque da região do Baixo Amazonas. A programação começa às 8h e vai até as 11h.

De acordo com o cadastro de doadores da Fundação Hemopa, 30% corresponde ao público do gênero feminino e, cada vez mais, as mulheres contribuem para elevar este índice. O que ainda impossibilita um número maior de doadoras é o período de gravidez e amamentação, momentos importantes da vida da mulher e em que se deve preservar todos os nutrientes necessários, inclusive Ferro, para a mãe e para o bebê.

Todas as unidades do Hemopa no Pará estão preparando o espaço com uma decoração especial para homenagear as doadoras de sangue que comparecerem na próxima semana. A Fundação reitera que todas as medidas de segurança são tomadas para se manter o distanciamento entre as cadeiras. Também, haverá a disponibilização de álcool em gel 70% para todos e a higienização adequada do espaço. A doação de sangue é segura e não oferece risco de contágio de nenhuma doença.

Critérios para ser um doador de sangue 

O cidadão que deseja fazer a doação de sangue precisar seguir os critérios básicos:

Ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal);

Pesar mais de 50 kg

Estar em boas condições de saúde.

No momento do cadastro, é obrigatório apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho).

Quem teve Covid-19 também pode voltar a doar sangue, só precisa esperar 30 dias após a cura. Quem teve contato com pessoas que tiveram a doença deve esperar 14 dias após o último contato.

Para quem recebeu a vacina Coronavac/Butantã, são 48 horas de inaptidão para doação de sangue, após cada dose. Já a vacina AstraZeneca/Fiocruz, são 7 dias após cada dose. Se o candidato à doação de sangue não souber qual imunização fez, só poderá voltar a doar sangue, após 7 dias.

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *