Itaituba: com alto número de óbitos nos últimos dias, situação da covid-19 é crítica, afirma prefeito

Através de um áudio compartilhado nas redes, O prefeito de Itaituba, Valmir Climaco, comunicou os moradores do município que a situação da covid-19 está ficando crítica na cidade.

Em fala, o prefeito destaca que o município teve 11 óbitos decorrentes da covid nas últimas 24 horas. Ele também afirma que a cidade está enfrentando problemas no abastecimento de oxigênio devido à quantidade de pessoas doentes por causa do vírus.

  “… Estou aqui passando uma posição sobre como está a questão do coronavírus aqui no município. Muito complicado. Até às 4 horas da tarde de hoje, já tinha morrido, só de Itaituba, 11 pessoas. Morreu 10 no Hospital Regional e uma pessoa morreu na UPA. A situação está supercrítica […].”

“[…] nós já estamos tendo problema com oxigênio. A usina que suporta até 18 ou 20 pessoas. Estamos com muitas pessoas lá dentro da UPA […]. Demanda muito grande, muito complicado.”

Para conter os avanços da doença, o prefeito então pede que a população cumpra os protocolos e medidas sanitárias.

 “[…] vamos usar todo tipo de proteção: álcool em gel, distanciamento, não procurar sair de casa, principalmente os idosos, se isolar completamente […], pois a situação está super precária. Evitem sair sem necessidade no final de semana, use máscara… Nós estamos bastante preocupados […]”, finalizou.

Até a última divulgação realizada pela Secretária Municipal de Saúde (SEMSA) do município de Itaituba, em um período de aproximadamente 24 foram confirmados mais 39 casos positivados da doença e 10 óbitos. Em contrapartida, não obteve registros de recuperados. O total de registro alcança agora 8.950 casos confirmados;  7.709 recuperados;  214 óbitos.

RG 15 / O Impacto com informações do Plantão 24horas News

2 comentários em “Itaituba: com alto número de óbitos nos últimos dias, situação da covid-19 é crítica, afirma prefeito

  • 19 de março de 2021 em 18:44
    Permalink

    Prefeito, basta seguir o que já fizeram dezenas de outros municípios brasileiros: implantar o protocolo da Ivermectina ! Em São Lourenço, MG, por exemplo, zerou o número de mortes e de entubados; envie seu secretário de saúde até lá e basta copiar, mais fácil e barato, impossível !!!

    Resposta
  • 19 de março de 2021 em 17:11
    Permalink

    É desesperador saber como está no Pará a proliferação dessa doença através desse vírus. Não há como imaginar que ficar em casa isolado estamos garantindo nossa saúde. Isolados dominuimos a nossa imunidade quando colocamos a cara o corpo fora de casa o vírus está no ar. As vezes penso que esta na hora de ter algo que mate esse vírus invisivel como veneno como fazer com os mata mosquito da dengue que tambem mata quando ouça alguem. Meu Deus tenha piedade de todos nós. Não anima a termos sensibilidade e força pra nós proteger como devemos, nos tranquiliza pra não pararmos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *