Jovem é morta a tiros por tribunal do crime em Igarapé-Miri

Vídeos compartilhados através das redes sociais desde a segunda-feira (22) mostram uma jovem sendo executada a tiros por integrantes de uma facção criminosa denominada Comando Vermelho (CV). O caso aconteceu no município de Igarapé-Miri, no nordeste paraense.

A mulher foi identificada com sendo Adriana Miranda, de 21 anos. Ela estava desaparecida desde o último sábado (20) e vinha sendo procurada. Em um dos vídeos a moça chega a revelar informações sobre uma possível entrega de drogas.  Já no segundo vídeo que está circulando há imagens muito fortes. Nele, Adriana chora e tem uma arma apontada para a sua cabeça. Ela afirma que está com medo e logo após acaba sendo executada a sangue frio.

De acordo com informações da Delegacia de Polícia Civil de Igarapé-Miri, o pai da jovem havia informado a polícia sobre o seu desaparecimento, contando inclusive que ela estava tendo um relacionamento com um homem identificado como “Didi”, e que no momento este homem teria abandonado o Comando Vermelho para montar a sua própria facção. Assim, para a polícia há a hipótese de que  a facção abandonada tenha então sequestrado e executado a jovem.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *