No intervalo de uma hora dois jovens assassinados em Marabá

A tarde de ontem (26) foi marcada por dois assassinatos na Nova Marabá. O primeiro deles ocorreu um pouco antes das 17h, na Folha 33, tendo como vítima o adolescente identificado como Genilson Oliveira Mota, 16 anos, o “Biozinho”, acusado de vários crimes. O outro assassinato se registrou na Rua Q, área comercial do Km 7, por volta das 18h. A vítima usava uma tornozeleira eletrônica, o que confirma que ele é presidiário, mas que conseguiu uma saída temporária ou o direito de responder ao crime em liberdade por algum desvio que cometeu anteriormente.

O homem estava usando capacete, dando a entender que ele estava de moto. O assassinato aconteceu bem em frente a uma casa comercial. Chama a atenção também o fato de que o morto estava descalço no momento em que foi baleado.

Até o fechamento dessa matéria, ele ainda não havia sido identificado formalmente.

Folha 33

No caso da Folha 33, o assassinato de “Biozinho”, executado com tiros na cabeça, aconteceu na chamada Rua da Piçarreira, em frente a uma quitinete. Segundo populares, “Biozinho” não era pessoa benquista na área e teria matado o próprio irmão, anos atrás.

Além disso, ele seria membro de uma facção e já teria esfaqueado outras duas pessoas. Também se comentava no local que ele ainda seria menor de idade e teria fugido do Centro de Internação do Adolescente Masculino (CIAM). Não se sabe até o momento como seu deu a dinâmica do crime.

Fonte: Correio Carajás

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *