Assalto com reféns e perseguição deixa quatro mortos em Paragominas

A Polícia Civil investiga a morte de quatro suspeitos durante uma troca de tiros com policiais militares no domingo (2), em Paragominas, no sudeste paraense. O caso ocorreu após um assalto realizado pelo quarteto a um estabelecimento de bronzeamento artificial, no bairro Buriti. As informações são da 7ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP) – Superintendência Regional/CAPIM da PC.

A quadrilha causou pânico e fez pelo menos 20 pessoas reféns, entre funcionárias, clientes e a proprietária do estabelecimento. Conforme o relato policial, três dos envolvidos invadiram o local armados e renderam as vítimas, que tiveram pertences levados pelos assaltantes. Um quarto homem teria ficado do lado de fora.

Uma das clientes teve o carro roubado, um modelo Honda Civic branco, que serviu de apoio aos criminosos. A dona do estabelecimento foi rendida e levada pelos assaltantes no veículo roubado. Os suspeitos tinham como intenção roubar as joias comercializadas pela vítima, que não estavam no local.

Uma das vítimas chegou a ser baleada, segundo levantamento de uma guarnição da Polícia Militar, que chegou ao local pouco depois dos assaltantes terem fugido. A mulher foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional Público do Leste de Paragominas, onde estava internada até a publicação desta matéria por conta da gravidade dos ferimentos.

Durante a fuga dos assaltantes, um motorista percebeu a atitude suspeita e acionou uma guarnição da Polícia Militar no bairro Promissão. Foi então que outras guarnições policiais iniciaram as diligências em busca do veículo com a refém e os quatro suspeitos.

O carro foi interceptado em um posto de gasolina e, a partir disso, uma perseguição teve início, com o apoio de duas guarnições, no bairro Jaderlândia. Em determinado momento, os assaltantes perderam o controle do veículo, bateram em uma ribanceira e chegaram a colidir em seguida com uma viatura que tomou a frente da quadrilha.

Sem saída, os assaltantes teriam abandonado o veículo e fugido a pé em direção a uma plantação de soja. Ainda segundo a Polícia, os quatro teriam atirado contra os policiais, que revidaram, e alvejaram os assaltantes. Os quatro, que não tiveram a identidade informada pelas autoridades policiais, morreram no local. Não há informações sobre o estado de saúde da refém. Nenhum policial ficou ferido.

O local foi isolado pela Polícia Militar até a chegada de policiais civis plantonistas da 13ª Seccional Urbana de Paragominas, onde o caso foi registrado.

Uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) esteve no local para realizar o trabalho pericial e recolheu armas de fogo usadas pelos assaltantes, assim como celulares e outros pertences achados dentro do veículo roubado. Os cadáveres foram removidos pelo Instituto Médico Legal (IML).

Ainda conforme a 7ª RISP, a Polícia Civil instaurou dois inquéritos para apurar o caso: um para investigar a conduta criminosa dos assaltantes e outro para a ação policial dos PMs durante a condução da ocorrência.

Foto: Reprodução

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *