Artigo – Um mundo que dá voltas: Rússia com governo de extrema-direita, China capitalista e EUA socialista?

Por Oswaldo Bezerra

Nos EUA há dois partidos que sempre dividem a totalidade dos votos. Ambos são de Direita na concepção ideológica. Este ano tivemos a surpresa da vitória de Bernie Sanders nas primárias. Qual a surpresa? Sanders é abertamente socialista. Foi um escândalo nos EUA.

Por conta disso, o político socialista foi afastado das disputas primárias, pois venceria fácil. Em seu lugar foi colocado Joe Biden. Este que no final venceu a polêmica eleição contra Trump.

Em um artigo que escrevi aqui no jornal o Impacto mostrei que Biden adornou sua sala com um busto de uma figura conhecida como o maior líder trabalhista dos EUA. Isso dava uma pista de como seria seu governo voltado aos trabalhadores, mas tornar o país socialista ninguém esperava.

A pandemia Covid-19 deixou milhões de “trabalhadores não essenciais” despedidos e trabalhadores autônomos dependente dos gastos do governo o povo americano. No total, 34% dos norte-americanos tem renda do governo.

O sociólogo alemão Max Weber que escreveu a obra “A ética protestante e o espírito do capitalismo”, estava correto em suas suposições de que o trabalho individual serve a um propósito moral e espiritual, então os Estados Unidos se tornaram o covil de iniquidade.

A crença da benevolência do governo para salvar a todos carrega todas as armadilhas. Em meio a enormes gastos de estímulo do governo para compensar a devastação da Covid-19, colossais 34% da receita dos EUA agora não vem do suor da testa, mas do poço sem fundo conhecido como dinheiro do governo.

De acordo com os últimos dados de Renda e Despesas Pessoais, que fornecem estatísticas sobre renda subsidiada pelo governo, como cheques de estímulo, seguro-desemprego, bem-estar social, etc., as doações explodiram para US$ 8,1 trilhões anualizados astronômicos. Isso é o dobro do valor do subsídio dos US$ 4,1 trilhões de fevereiro. Joe Biden se gaba de um aumento recorde na renda e gastos pessoais.

O governo Biden está agora planejando contornar o Congresso e estabelecer um aumento de longo prazo na ajuda alimentar para dezenas de milhões de norte-americanos. É o Plano Alimentar Econômico, encomendado por Biden dois dias depois de ele assumir o cargo, poderia desencadear um aumento automático nos benefícios já em 1º de outubro, um dia após o término de um aumento temporário de 15% nos pagamentos do vale-refeição que Biden incluiu em seu pacote de ajuda da Covid de US $ 1,9 trilhão ”, relatou a Bloomberg.

São 18 milhões de adultos que relataram que suas famílias às vezes ou frequentemente não tinham o que comer no último sete dias. É o dobro de adultos que disseram que sua família “não tinha o suficiente para comer” em 2019.

Não é segredo que milhões de americanos estão no auge da decadência financeira em meio à pandemia. Vale a pena lembrar que o governo Biden abriu as portas da América para migrantes ilegais do sul da fronteira, para nós latinos.

Milhões de trabalhadores americanos foram forçados ao desespero econômico. Ao mesmo tempo, as grandes corporações “essenciais”, como Wal-Mart e Amazon, resistiram à tendência de bloqueio, colhendo, assim, uma sorte inesperada para seus proprietários bilionários.

Será que vamos descobrir que o grande programa de intervenção do governo extinguiu o famoso espírito capitalista da América, que deu a centelha de engenhosidade empresarial? Uma vez que os Estados Unidos estão no meio de uma experiência social e econômica massiva que nunca foi realizada antes, a questão é justa.

Ao inundar o povo americano com um fluxo ininterrupto de dinheiro grátis, eles estão sendo treinados em uma forma aprendida de desamparo e dependência. Durante a Grande Depressão, em comparação, o governo também subsidiou a economia por meio do New Deal de 1933, sob Franklin D. Roosevelt. A diferença é que os americanos foram colocados para trabalhar em grandes projetos de infraestrutura, construindo barragens, rodovias, pontes e hospitais.

Com o projeto, minha cidade natal, Pittsburgh, recebeu a maior piscina dos Estados Unidos quando foi inaugurada em 5 de julho de 1937. Esses projetos de trabalho deram a milhões de americanos um sentimento de orgulho em oposição a um sentimento de dependência desesperada, que muitos sentem hoje.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *