Acusado de latrocínio é condenado a 21 anos de prisão em Santarém

O Juiz de Direito Rômulo Brito condenou Alex de Sousa Pimentel a pena de 21 anos de prisão por ter cometido o crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra José Jocely Teles, 79 anos, no dia 8 de fevereiro na sua residência, localizada no bairro Maracanã, em Santarém.

O crime ocorreu nas primeiras horas da segunda-feira (8) de fevereiro, após Alex de Sousa invadir a casa da vítima, que morava sozinha, e roubar a TV, celulares e ainda ceifar a vida de José Jocely, conhecido também como “Juca”.

A vítima foi encontrada com sinais de espancamento, marcas no pescoço e estava com o cordão de ouro na mão. As imagens de câmeras de seguranças das proximidades ajudaram na captura do autor do crime.

O réu será conduzido para cumprir pena na Penitenciária Silvio Hall de Moura (Cucurunã).

 

Por Diene Moura

RG15/O Impacto – Colaborou Lorenna Morena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *