Criminosos invadem loja e fazem funcionários reféns em Juruti

Na tarde desta quarta-feira (14), criminosos invadiram a loja Comam no município de Juruti e fizeram funcionários reféns. A polícia Militar foi acionada, isolou a área e solicitou que todas as lojas fossem fechadas nas proximidades para a realização de diligências para a captura dos criminosos.

Segundo informações, a ação criminosa pode ter relação com um atendimento bancário existente na loja.  As negociações com a polícia avançaram e os reféns identificados como Zeremias e Vanderson Barbosa foram os primeiros a serem liberados. Outra duas pessoas estavam sob ameaça dos bandidos, Stanley e a atendente do Bradesco Expresso, Selma Araújo.

Os assaltantes pediram a presença da imprensa e uma lancha pra fugir com os reféns. A polícia de Oriximiná e de Óbidos foram avisadas.

Por volta das 21h, o Promotor Osvaldinho Lima de Sousa se deslocou para o local e após cerca de uma hora de negociações os criminosos acabaram se entregando.

Por Diene Moura

RG15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *