Nota sobre prisão de suspeito do caso Eranildo da Cruz

A Diretoria Executiva do Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor/PA), Diretoria Regional do Tapajós (DRTap) do Sinjor-Pa e a Comissão de Liberdade de Imprensa da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará (OAB-PA) comunicam que continuam acompanhando o caso de homicídio contra o jornalista Eranildo Ribeiro da Cruz (54) ocorrido há uma semana, no distrito de Monte Dourado, município de Almeirim (PA).

As entidades foram informadas pela Polícia Civil que um homem foi preso suspeito de participar do assassinato do jornalista nesta segunda-feira (13), no município de Larajal do Jari, Estado do Amapá.

As entidades reiteram o repúdio, pesar e pedem justiça pelo assassinato do jornalista Eranildo da Cruz.

Segundo relato da 12ª Superintendência Regional do Baixo e Médio Amazonas, o assassino teria confessado o crime e ainda está sendo ouvido sobre a motivação e outras pessoas envolvidas no brutal crime.

As entidades continuarão acompanhando o caso, prosseguem em contato, apoiando os familiares, além de cobrar uma investigação rigorosa do crime pelas autoridades para saber se há motivações políticas, ou relacionadas ao exercício do jornalismo.

O Sinjor-PA e a Comissão de Liberdade de Imprensa da OAB-PA reforçam sua solidariedade aos amigos e familiares.

Fonte: Sinjor/PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *