Polícia Civil do Amapá moderniza a comunicação de atos oficiais adotando aplicativos de mensagens instantâneas, tais como WhatsApp e Telegran

A Polícia Civil do Estado do Amapá (PCAP), buscando sempre a melhoria de seus serviços e constante atualização tecnológica por meio dos recursos disponíveis, disciplinou na Portaria n. 318/21 – GAB DGPC, que todos os boletins de ocorrência e procedimentos policiais lavrados pela Instituição contenham informações de contatos eletrônicos das partes, testemunhas e demais pessoas inquiridas.

A partir da publicação da Portaria (15/09/2021), serão obrigatoriamente colhidas informações sobre o número telefônico, com indicação do funcionamento de Short Message Service (SMS) e de aplicativos de mensagens instantâneas, tais como WhatsApp e Telegran, entre outros.

As pessoas inquiridas ainda na Delegacia de Polícia devem, também, informar se aceitam receber intimações, notificações e, até mesmo, citações judiciais por meio dos dados colhidos.

A iniciativa tem fundamento em prévio acerto entre a PCAP e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Termo de Cooperação Técnica 109/21, facilitando a comunicação dos atos policiais e judiciais, dando celeridade aos procedimentos e processos iniciados nas unidades policiais civis.

“Com esforço conjunto entre a Polícia Judiciária e o Poder Judiciário continuaremos avançando, dando o máximo de comodidade aos usuários dos nossos serviços”, ressaltou o Delegado-Geral Antônio Uberlândio de Azevedo Gomes. (Com informações da PC/AP)

O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *