Cabeleireiro é morto a golpes de terçado no Pará

Crimes com armas brancas como facas e terçados são comuns em regiões do interior do Estado. É considerada arma branca todo objeto criado para ferir alguém, independentemente de levar a morte ou não da vítima. Em alguns casos, infelizmente, a pessoa ferida não resiste aos ferimentos, principalmente quando a mesma é atingida na cabeça, por exemplo.

Um cabeleireiro, identificado como Willame Araújo, foi morto a golpes de terçado, na manhã desta segunda-feira (20), no município de Augusto Corrêa, nordeste paraense.

O crime teria ocorrido após Willame se envolver em uma discussão durante uma festa, no último domingo (19). Na manhã desta segunda – feira (20), o homem com quem a vítima teria discutido foi até a residência do cabeleireiro e desferiu diversos golpes contra o rosto de Willame.

O cabeleireiro estava dormindo no momento em que foi assassinado. O crime teria ocorrido na frente dos filhos de Willame, um de 2 e outro de 6 anos de idade.

O autor do crime, que não teve o nome divulgado, foi preso após ser localizado por uma equipe da Guarda Municipal.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado até o local.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *