Jovem é assassinado a tiros na frente do sobrinho de 6 anos, em Altamira

Uma criança de seis anos de idade testemunhou a execução sumária do tio, de 21 anos, conhecido como Wemerson Pablo Ferreira. A vítima aguardava o término do corte de cabelo do menino quando uma dupla de motocicleta cometeu o atentado que resultou na morte do rapaz. O homicídio ocorrido às 16h30 de quinta-feira (23) é investigado pela Divisão de Homicídios de Altamira, na região Sudoeste do Pará.

Wemerson Ferreira levou o sobrinho para cortar cabelo num salão localizado na Avenida Castelo Branco, Bairro Santa Ana, região central de Altamira. A vítima estava sentada em um banco de madeira do lado de fora do estabelecimento. Nesse momento uma motocicleta com dois homens passou pela em frente ao estabelecimento. A cerca de 20 metros do local, o veículo parou e o garupa desceu e caminhou em direção ao alvo.

O atirador se aproximou e desferiu mais de cinco tiros na vítima, que ainda correu para dentro do salão e caiu agonizando. Segundo uma testemunha, o desconhecido atirou mais duas vezes em Wemerson. O rapaz morreu no local.

O perito do IML de Altamira, Maciel Ferreira, quais procedimentos serão feitos. “A partir de agora iremos examinar o cadáver para explicar melhor quantos disparos acertaram a vítima”.

A Polícia Militar de Altamira enviou uma guarnição ao local do assassinato e a Polícia Civil iniciou a investigação, começando com depoimentos de testemunhas e familiares. Até o momento os autores da morte não foram identificados e a motivação do crime continua um mistério.

Fonte: Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *