Possível reajuste no preço da passagem de ônibus preocupa santarenos

Por Diene Moura

No dia 11 de novembro, empresários do setor de transportes coletivos e representantes do governo municipal realizaram uma reunião para tratar sobre um possível reajuste na tarifa da passagem de ônibus na cidade de Santarém. Segundo o Secretário Municipal de Transportes, Paulo Jesus, o  valor atual de R$ 3,00 reais está ‘congelado’ desde 2018 e a mudança definida pelas empresas pretende elevar para a cobrança de R$ 4,45.

“O Sindicato das Empresas de Transporte Público de Passageiros de Santarém e Belterra (Setrans) encaminhou junto a Secretaria de Transportes do Município pedido de reajuste da tarifa do transporte coletivo urbano. O reajuste solicitado é de 48% no valor da tarifa atual, o que elevaria a tarifa para R$ 4,45. Em Santarém a tarifa praticada hoje é de R$3,00 e o estudante paga 1/3 (um terço) do valor da passagem (lei municipal)”, disse o Secretário.

O anúncio sobre o aumento do preço preocupa a população, que reclama de diversos problemas e exige mais melhorias nos serviços oferecidos nos coletivos, como destaca a passageira identificada como Rosa Santos.

“Isso é um absurdo, pois sou assalariada! Fora que os ônibus a maioria estão quebrados, vivem pregando e atrasam a gente nos nossos compromissos. Um dia desses eu tive que pegar um acento da cadeira que caiu, porque nem os acentos prestam. Um  homem esbarrou e ninguém tirou, as pessoas passavam por cima e eu coloquei no lugar. Sem contar as horas esperando na parada obrigatória, já fiquei até 2 horas esperando e tive que pegar um moto táxi. Além do que alguns veículos acredito que passam tempos sem realizar manutenção, de longe sente o cheiro de óleo queimado e ainda tem uns motoristas sem educação que mal a gente sobe já arrancam com tudo, isso quando não passam direto”, afirmou a passageira.

Conforme informou o Secretário Municipal de Transportes, Paulo Jesus, uma planilha já passou pelo Conselho Municipal de Transportes, a qual foi apresentada na reunião do dia 11. “Este documento foi enviado  para análise onde foi sugerido ao Prefeito Nélio Aguiar que autorize o aumento de 25% sobre o valor praticado atualmente, o que elevaria a tarifa para R$ 3,75. Agora segue para o prefeito analisar e definir”, explicou o Secretário.

De acordo com o advogado do Setrans, Tiago Ferreira, a planilha apresentada ao município e ao Conselho Municipal de Transportes  (CMT), bem como à Secretaria Municipal de Transportes, determina valores a serem reajustados levando em consideração a inflação do período de 2018 até 2021 “também a inflação dos preços de combustíveis do mesmo período, o aumento salarial. Enfim, todos os fatores que aumentaram durante esse período de 3 anos e meio em que a passagem de ônibus não acompanhou esses aumentos. Então, o que aconteceu para se dar esse aumento é principalmente esses fatores mencionados”, destacou.

Questionado sobre como é definido o novo valor,  o advogado nos informou que um economista é contratado para elaborar a planilha com o levantamento de dados e de preços referentes a todos os fatores inflacionários do período de 2018 até a presente data. Com essas informações coletadas, é formado um parecer,  com o qual se chega a um valor considerado técnico.

“No entanto, isso não quer dizer que de fato seja o valor ideal para o transporte público em Santarém, por isso vai ao debate no Conselho e lá já diminuiu um pouco e muito provavelmente o poder público municipal – Prefeito vai estar colocando um valor de tarifa um pouco menor do que a proposta tanto pela tarifa técnica do Setrans como pelo próprio CMT, vez que a tarifa estabelecida pelo poder público não pode levar em consideração somente essas questões técnicas inflacionárias”. Acrescentou, ainda: “também tem que levar em consideração o papel social  que o transporte público tem e ouvir o atual momento econômico que a sociedade vive. Mas infelizmente se faz necessário apesar de todas essas questões econômicas, o poder público precisa dar algum aumento para o transporte público, vez que faz quase 3 anos e meio que não tem reajuste na tarifa de transporte de Santarém”, concluiu o Advogado.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Possível reajuste no preço da passagem de ônibus preocupa santarenos

  • 22 de novembro de 2021 em 11:07
    Permalink

    Além da preocupação com o possível e iminente aumento da tarifa, os usuários continuarão a andar em “latas velhas enferrujadas”, infelizmente essa é a realidade. Cadê os “SEM” ônibus elétricos novos? Como a aquisição não depende de verbas públicas tanto federal ou estadual, o município não pode se exibir como o pai da criança.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *