Involui quem pensa em desenvolvimento destruindo a natureza

Por José Ronaldo Dias Campos

Todo insensível empreendimento que ameace destruir a natureza em seu entorno, destacadamente o que possa alterar ou modificar o ecossistema, deve ser censurado, por irracional.

O homem na natureza, com a natureza, deve ser um princípio fundamental a iluminar e imantar qualquer processo desenvolvimentista sustentável, sob pena de involução.

Vera paz, Rocha Negra, Mapiri, Maicá, Maracangalha, Nalha, Maracanã, Alter do Chão, Juá, Rio Tapajós, dentre outras belezas naturais sacrificadas ou ameaçadas pela ganância humana e descaso dos governantes clamam pela atenção e cuidado do Povo e do Estado!!!

Depois será tarde, só restará lembrança, como a da belíssima Vera Paz, onde está a Cargill.

Da bela praia, ao lado da multinacional, só restou fotografia.

Agora, Inês é morta!

RG15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *