Governo amplia programa Forma Pará para todos os 144 municípios do estado

Na próxima segunda-feira (07), o governador Helder Barbalho vai anunciar a ampliação do maior programa de ensino superior gratuito do país, o Forma Pará. Pioneiro em formato presencial, a chamada 2023 do programa irá garantir cursos de nível superior e especializações para todos os 144 municípios do Estado, de acordo com as características e vocação econômica de cada região. O programa representa a universalização do Ensino Superior no Pará e se torna o maior e mais completo do país com curso superior presencial em todos os municípios.

Criado como estratégia para garantir o acesso à educação superior no Estado, por meio da parceria entre governo, Instituições de Ensino Superior (IES) e prefeituras, os cursos do programa são demandados pelo município à Secretaria responsável e executados pelas instituições parceiras.

Especializações – Na ocasião, será lançado o edital para credenciamento das IES que queiram se habilitar na oferta de cursos de especialização, a novidade para a chamada 2023. Elas poderão se credenciar em cerca de 40 opções de temas estratégicos para especialização no Estado, abrangendo diferentes áreas do conhecimento e pensando em diferentes públicos, a exemplo de mulheres, quilombolas e indígenas. A ideia é qualificar profissionais para atender as necessidades locais, contribuindo para o desenvolvimento regional.

As mesorregiões aptas a serem atendidas conforme credenciamento são: Baixo Amazonas, Marajó, Metropolitana de Belém, Nordeste, Sudeste e Sudoeste. Assim, será possível atender profissionais de uma determinada região, considerando a modalidade de ensino semipresencial. Após finalizar o credenciamento das IES, a equipe técnica do Forma Pará fará um estudo das propostas para definição das especializações e localidades a serem atendidas.

Lei no 9.324 – O Forma Pará foi instituído, por meio da publicação da Lei 9.324/21, como programa de Estado e dessa forma, se garante a continuidade do programa nas próximas gestões, que terão de manter o investimento na ampliação do número de vagas de educação superior no estado. A publicação da lei ainda permite que o programa oferte agora, cursos em nível de pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado). (Com informações da Agência Pará)

O Impacto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.