Operação Xingu finaliza a sua segunda fase

Na última semana, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e demais órgãos de segurança pública estaduais e municipais realizaram mais uma fase da Operação “Xingu”, deflagrada em municípios da 11ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), como desdobramento da execução do Projeto “Segurança Por Todo o Pará”, que busca reduzir a criminalidade em todo o Estado.

Lançada oficialmente no último dia 24 de fevereiro, com o objetivo de reduzir os Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI), que reúnem homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, a operação coordenada pela Segup também garante segurança à população com ações integradas.

Veículos, incluindo motocicletas, foram apreendidos pelos policiais. Foto: Divulgação

A segunda fase da operação foi concluída no domingo passado (06) com abordagens, apreensão de drogas, apreensões de armas, veículos recuperados e fiscalizações do cumprimento das normas do Decreto Estadual 2044, que institui a Política Estadual de Incentivo à Vacinação contra a Covid-19. Houve levantamento pela equipe de inteligência das principais áreas e localidades, e definição de ações estratégicas em reunião operacional.

Com o Projeto “Segurança por todo o Pará”, frisou o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, “queremos chegar a todos os municípios, fazendo a segurança pública presente de forma uniforme e descentralizada. Os resultados obtidos são fruto da integração das formas que, ao longo desses anos, estamos estimulando. Quem ganha com isso é a sociedade, com a sensação de segurança cada vez mais fortalecida”.

Mais de 180 agentes das polícias Militar e Civil participaram das ações, ao lado de membros de outros órgãos de segurança pública. Foto: Divulgação

Resultados – Nas duas fases da operação foram registradas 29 prisões em flagrante, mais de 1.300 abordagens a pessoas e mais de 900 a veículos. Com uso de cães farejadores foram apreendidos 5 quilos de drogas e apreendidas quatro armas de fogo, 16 munições e um simulacro.

Outras ações de polícia jurídica foram realizadas, como o cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão; 24 flagrantes lavrados, e 67 estabelecimentos fiscalizados, sendo oito notificados e dois fechados. Na área de trânsito, foram instaurados 99 autos de infração, 14 escapamentos recolhidos e 18 perícia realizadas.

Mais de 180 agentes das polícias Militar e Civil participaram das ações, junto com integrantes do Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Polícia Científica do Pará, Departamento de Trânsito (Detran), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Guarda Municipal, Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon).

RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.