Em Itaituba, Equatorial Pará promove curso de capacitação para mulheres

“A partir de aulas teóricas e práticas, mais de dez mulheres foram certificadas para atuarem no mercado da beleza e estética”

Com o intuito de promover novas oportunidades para o ingresso no mercado de trabalho, a Equatorial Pará encerrou na sexta-feira, 11, o curso Design de Sobrancelhas, para mulheres do município de Itaituba. A capacitação foi desenvolvida com métodos e técnicas avançadas capazes de oferecer aos futuros clientes, das novas profissionais, o melhor do visagismo.

As aulas foram ministradas pela especialista Karen Fernandes, do Instituto MC, que apresentou detalhes para realizar os procedimentos de acordo com cada pessoa que busca olhares atrativos. “É importante que todos tenham consciência que os estilos dos rostos são diferentes e, portanto, precisam ser trabalhados de acordo com o formato apresentado, por isso, a gente reforça que profissional siga o desenho natural dos pelos, fazendo pequenas mudanças sem que seja alterado o estilo e a personalidade do cliente”, explica.

Além das técnicas, o curso também ofereceu dicas de empreendedorismo e empoderamento feminino, com foco nas oportunidades de trabalho na indústria da beleza.

A manicure Idaiane Firmino, de 29 anos, aproveitou para se aperfeiçoar neste nicho da estética e garante que já vai colocar tudo o que aprendeu, no salão onde trabalha e, também, no atendimento em domicílio. A nova atividade, além de contribuir para aumentar a renda da família, já está contribuindo para aumentar a autoestima da profissional que enxerga no empreendedorismo a solução para mudar de vida. “Só tenho a agradecer a Equatorial Pará por essa oportunidade. Este curso foi aquele empurrão que eu precisava para seguir em frente. Aproveitei tudo. O curso chegou
no momento certo e na hora exata”, comemora

Para a analista de Responsabilidade Social da Equatorial Energia, Michelle Miranda, com esta ação, a Equatorial Pará, por meio do projeto E+ Profissional, reforça que iniciativas como essa fazem a diferença na sociedade paraense. “Temos a responsabilidade social de desenvolver a comunidade na qual estamos inseridas e esse curso é uma das ações que praticamos, poder oferecer capacitação profissional a mulheres em situação de vulnerabilidade social e ajudá-las a empreender e ter renda é um dos resultados que buscamos e tenho certeza que alcançamos neste curso”, avalia.

O Impacto com informações Equatorial Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.