Operação Camafeu: Jovem é preso após invadir residência e tentar estuprar idosa, em Rurópolis

No final da tarde de sábado (26) a Polícia Civil de Rurópolis deflagrou a Operação Camafeu no combate aos crimes sexuais no município, diligenciando e dando cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Diosmar Oliveira Silva, 21 anos, natural de Rurópolis. O jovem é acusado pelo crime de tentativa de estupro de vulnerável, sendo vítima uma pessoa idosa de 75 anos.

Segundo o delegado de Polícia Civil de Rurópolis Dr. Ariosnaldo da Silva Vital Filho, o fato ocorreu no final da tarde da última quinta-feira (24), quando a vítima procurou a delegacia e comunicou a autoridade policial.

Conforme informou a vítima, Diosmar teria invadido a sua residência no final da tarde. Na ocasião, lhe agarrou de forma libidinosa a jogando no chão, impedindo-a de pedir socorro, e ainda tentou estrangulá-la. Só não conseguiu consumar o ato, pois a vítima reagiu aos gritos.

Ainda segundo a idosa, o acusado aparentemente estaria sob efeito de entorpecentes. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do acusado e de posse do mandado realizou buscas, o encontrando nas proximidades da feira livre.

Operação Camafeu

A Operação Camafeu recebeu com este nome fazendo alusão a joias antigas que estiveram presentes na história das civilizações e seu uso permaneceu vivo por anos até os dias de hoje. Essas joias são feitas a partir de uma técnica de entalhar rostos ou outras imagens em pedras como uma forma de preservar a imagem, respeito e dignidade da pessoa que as usassem.

Desta forma correlacionando com a atitude corajosa da vítima quem mesmo em estado de vulnerabilidade lutou contra o agressor resistindo com todas suas forças a violência e impossibilitando a concretização de um mal maior.

O Impacto com informações da Polícia Civil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.