Santarém – Suspeito de furto leva ‘taca’ da população na Comunidade Tabocal

Por volta das 21h de quarta-feira (30), policiais militares do 35° BPM foram acionados via Núcleo Integrado de Operações (Niop) para conter os ânimos de populares que capturaram e imobilizaram Clemildo Castro da Silva em uma casa. O jovem é suspeito de cometer furtos em residências situadas no ramal do Funil 1, na comunidade de Tabocal, região do planalto santareno.

Segundo a PM, o suspeito tinha sido reconhecido por cerca de três vítimas. Moradores afirmam que viram Clemildo invadindo os imóveis para praticar o ato ilícito.

Durante diligências no local da ocorrência foi detectado via Sistema de Informações Estatísticas do Sistema Penitenciário Brasileiro que Clemildo  responde por crime enquadrado na Lei Maria da Penha, cometido no município de Rurópolis.

Diante das circunstâncias do fato, o suspeito e vítimas foram encaminhados e apresentados ao delegado Eduardo Simão na 16° Seccional de Polícia Civil.

Na delegacia, Clemildo chorou perante a reportagem de Lorenna Morena e negou as acusações alegando que o responsável pelo crime é o primo. Confira a seguir:

O indivíduo foi transferido na manhã de quinta-feira (31) para o Complexo Penitenciário, onde ficará a disposição da Justiça.

Por Diene Moura

O Impacto – Colaborou Lorenna Morena

Foto: Polícia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.