Homem mata ex-mulher grávida após sair do culto em Marabá

Mãe de três filhos e grávida do quarto, aos 20 anos, Daniara Rodrigues do Couto foi morta a facadas pelo ex-companheiro Erisvaldo Souza Silva. Segundo informações, o acusado havia saído do culto de uma igreja evangélica momentos antes de  cometer o crime.

Após assassinar a jovem com várias facadas, Erisvaldo teria simulado um suicídio, cortando a garganta superficialmente, na tentativa de sensibilizar os policiais durante sua prisão. Ele foi preso e autuado em flagrante pelo crime. Na terça-feira, 12, ele foi encaminhado para a penitenciária de Marabá, na Região de Carajás, sudeste paraense.

De acordo com informações, o crime aconteceu na casa da vítima, que fica localizada no bairro Belo Horizonte, no Núcleo Cidade Nova, em Marabá, na noite do último domingo, 10. Erisvaldo participava de um culto no momento em que alguém disse para ele que a ex-mulher estava se aprontando para ir a uma festa no balneário Vavazão, naquela noite.

De acordo com informações da polícia, o acusado deixou o culto por volta das 21h30 e, já armado com uma faca, foi até a casa de Daniara Couto, onde a matou com vários golpes. Além da extrema violência que ele atacou a vítima, ainda deixou a faca cravada no peito da ex-mulher. Daniara estava no segundo mês de gestação do quarto filho.

De acordo com familiares da vítima, eles temiam que isso acontecesse, devido a índole violenta de Erisvaldo, que além da ex-mulher costumava espancar os filhos menores do casal, que tinham muito medo dele. Ele ficou mais revoltado ainda depois que vítima decidiu se afastar dele e seguir com sua vida, juntamente com os filhos.

Segundo testemunhas, após matar a mulher, ele correu para a casa dele dizendo que havia cometido o crime e que tinha tentado se matar. Mas quando os policiais chegaram para prendê-lo, viram que ele havia feito um pequeno corte no pescoço e providenciaram atendimento médico.

O corpo de Daniara Couto foi velado e sepultado na segunda-feira, 11, os filhos dela estão sob os cuidados da mãe e de parentes. Erisvaldo está a disposição da Justiça.

Foto: Reprodução

Fonte: Roma News com informações do Ver-o-Fato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.