Acidente em Alenquer: família de uma das vítimas oferece R$ 10 mil para localizar motorista fugitivo

Familiares de Rafael Pires estão oferecendo R$ 10 mil para quem possuir informações sobre o paradeiro do motorista que teria provocado um acidente no último domingo (31), no quilômetro 7, da estrada Paes de Carvalho, em Alenquer, região oeste do Pará. Duas pessoas morreram. Clemildo morreu na hora. Tiago Silva Costa teve uma das pernas decepadas pela colisão e morreu após dois dias internado.

De acordo com levantamento realizado no local pela Polícia Militar e o Departamento Municipal de Trânsito (DTA) que atenderam o caso, o motorista do automóvel é identificado pelo prenome Renan. Ele supostamente atingiu a traseira da motocicleta em que estavam Rafael, Clemildo e Tiago. Renan fugiu sem prestar socorro às vítimas. Além disso, não se sabe quantas pessoas estavam dentro do carro no momento do acidente.

A redação integrada de O Liberal solicitou mais detalhes a Polícia Civil (PC) para saber se Renan já foi preso. A reportagem aguarda retorno.

Prefeitura de Alenquer lamenta morte de Tiago

A Prefeitura de Alenquer lamentou a morte do jovem por meio das redes sociais. “A Prefeitura de Alenquer, por meio da Secretaria de Assistência Social, se solidariza com os familiares do Tiago Costa. O mesmo foi usuário do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – CRAS II. Tiago foi uma das vítimas da tragédia do km 7, no último domingo (31). Descanse em paz”, diz a publicação.

Relembre o caso

O carro que supostamente atingiu a moto foi parar no meio de um campo que fica próximo da via. Dentro do automóvel foram encontrados vários copos. A principal suspeita é de que o motorista estivesse embriagado. Não se sabe quantas pessoas estavam dentro do carro. Os ocupantes fugiram do local após o acidente.

Por nota, a Polícia Civil informou que o caso é investigado pela delegacia do município de Alenquer. A PC confirmou que o motorista do veículo fugiu do local sem prestar socorro. “Ele já foi identificado e diligências estão sendo realizadas para localizá-lo”, disse a PC. Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido.

Fonte: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.