FGTS: brasileiros deixam de retirar R$ 9,2 bi do saque extraordinário

A Caixa Econômica Federal começa, no sábado (6/8), a retornar aproximadamente R$ 9,2 bilhões de recursos não movimentados do saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). É quase um terço do valor disponibilizado para saques.

Os valores são referentes ao saque de até R$ 1 mil, disponibilizado pela Caixa Econômica entre 20 de abril e 15 de junho deste ano. A quantia pode ser retirada por qualquer pessoa com conta vinculada ao FGTS, ativa ou inativa.

O valor ficou disponível pelo período de 90 dias. Quem não realizou o saque durante esse período terá o dinheiro retornado à conta.

Segundo a Caixa, o valor depositado a partir de sábado será devidamente corrigido. Quem sacou apenas uma parte do valor não terá o saldo remanescente retornado à conta do FGTS.

O cidadão que não sacou a quantia mas ainda deseja receber o dinheiro, pode fazer solicitação de saque até o dia 15 de dezembro, pelo aplicativo do FGTS. Após o pedido, a Caixa tem até 15 dias para fazer o depósito.

Neste ano, a rodada de saque do FGTS liberou R$ 30,1 bilhões para cerca de 43,2 milhões de trabalhadores brasileiros.

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.