Bispo da igreja Universal é assassinado com tiro na nuca

O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) apresenta esta manhã três homens presos por suspeita de participação no assassinato do bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), José Carlos de Santana, de 48 anos. De acordo com a delegada Josineide Confessor, o trio era liderado por Eti Paula Bernardo da Silva, mais conhecida como Paulão. Segundo as investigações, o pastor foi morto por engano pela quadrilha responsável pelo tráfico de drogas na comunidade do Detran.

O bispo, que trabalhava na igreja do Ipsep, Zona Sul do Recife, foi assassinado com um tiro na nuca, na Iputinga, na Zona Oeste. O pastor da IURD de Beberibe, Joel Nunes, 46, dirigia o Gol preto e José Carlos estava no banco do carona. O bispo havia ido ao Detran para renovar a Carteira de Habilitação, mas o órgão estava fechado devido ao feriado do servidor público. Quando regressavam, foram interceptados, provavelmente, por dois homens numa moto, que começaram a atirar. Nenhum objeto dos dois foi roubado. José Carlos de Santana era carioca e estava no Recife há pouco mais de um ano. Casado, morava nos Aflitos com a esposa e tinha duas filhas, que vivem fora do estado.

Fonte: Diário de Pernanbuco

Deixe seu comentário aqui: