Hotel Tropical não pagou dívidas e vai a leilão

O Tropical Hotel, um dos maiores e mais luxuosos de Manaus vai a leilão no dia 6 de dezembro por causa de uma dívida com contas de energia não pagas à Eletronorte, ex-subsidiária da Manaus Energia,   e um passivo de mais de R$ 3 bilhões de sua principal controladora,a Varig Participações  em Serviços Complementares S/a (VPSC) com o Paes  – Programa de Parcelamento de Dívidas  do INSS e Receita Federal. O valor do lance do imóvel, localizado em área nobre de Manaus – a Ponta Negra – é de R$ 186,8 milhões.
O Tropical Hotel Manaus também foi oferecido em 2006   como garantia de um empréstimo feito pela Varig, no valor de 100 milhões de dólares junto ao   Brasilian American Merchant Bank,  com sede em Georgetown, nas Ilhas  Grand Cayman, um paraíso fiscal localizado no mar do Caribe, entre Cuba, Belize e a Jamaica. O principal controlador desse  banco, pasmem, é o Banco do Brasil, que tem as hipotecas do Tropical.
O pior dessa história é que o hotel pode fechar suas portas – caso não apareça um interessado, com dinheiro  no bolso e disposição de continuar usando o imóvel na área para a qual foi criado em  1974.

DICA PARA VOCÊ
Se você tem grana para arrematar o Tropical Hotel Manaus vai aqui uma dica:  Data do leilão: ( 1 praça) 6 de dezembro 2010,  as 10 horas e (2a praça) 17 de dezembro de 2010, as 10 horas.  Local:  Fórum Ministro Henoch Reis, na rua Paraíba, esquina coma  avenida Humberto Calderaro.

Fonte: Blog do Holanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *