Papai Noel existe?

SÃO PAULO – Início de ano é sinônimo de recomeço: novas promessas, novos objetivos. O que não muda para muitos são as contas, que continuam a pesar no orçamento dos bolsos mais apertados e menos planejados. Pagamento de impostos, como IPVA e IPTU, os gastos com a matrícula e os materiais escolares, com os presentes e as viagens de fim de ano: tudo isso faz muitos consumidores começarem um novo ano já no vermelho.

Para evitar isso, Bancos oferecem suas linhas de crédito pessoal como opção para o pagamento dessas despesas. “Uma das vantagens de optar por um empréstimo é que os clientes podem utilizá-lo para pagar as contas de IPVA e IPTU à vista com o desconto oferecido pelo governo e só depois começar a pagar as parcelas”, afirmou, por meio de nota, o superintendente de Produtos para Pessoa Física do banco Santander, Rogério Estevão.

O Banco possui linhas de crédito que podem ajudar os consumidores a pagarem as despesas de início de ano a juros que variam de 2,49% ao mês a 5,49% ao mês. A Caixa Econômica Federal também oferta crédito para esse tipo de gastos, a juros a partir de 0,85% ao mês.

Crédito

Para aqueles que decidirem contratar um empréstimo para os gastos dos primeiros meses de 2011, o Santander disponibiliza duas linhas. O Crédito Pessoal pode ser contratado por internet banking, caixas eletrônicos, telefone e nas agências. O prazo para pagamento é de 48 meses e os clientes podem optar em pagar a primeira parcela 90 dias depois da contratação.

Já o Realmaster Ainda Melhor e o Santander Master oferecem prazos menores para quem precisa de um pouco menos. Nessas linhas, o banco oferece 10 dias sem juros no cheque especial e permite o parcelamento do saldo devedor pela metade dos juros, caso seja preciso mais prazo. Para as linhas, o valor mínimo de contratação é de R$ 100 e o máximo, de R$ 60 mil, respeitando a capacidade de pagamento de cada cliente.

Já na Caixa, o pagamento pode ser feito em até 96 meses, dependendo da modalidade de crédito escolhida. O banco oferece linhas de CDC (Crédito Direto ao Consumidor), que podem ser contratadas diretamente nos terminais de autoatendimento do banco. Os valores variam de R$ 300 a R$ 15 mil. O pagamento deve ter prestações de, no mínimo, R$ 20.

Além dessa modalidade, o Banco ainda disponibiliza o Crédito Caixa Fácil para clientes da conta Caixa Fácil. O valor mínimo a ser contratado é de R$ 200, com juros a 2% ao mês. O cheque especial também é opção, com taxas variando de 1,15% a 7,15% ao mês.

Outros Bancos consultados, como o HSBC, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil, também oferecem linhas de crédito pessoal que podem ser contratadas para pagamento de contas de início de ano.

Cuidado, quando a esmola é grande o santo desconfia…

Embora possa ajudar os consumidores com bolsos mais apertados a quitar os compromissos financeiros, contratar empréstimos sempre requer cuidados. Além dos juros, é preciso ver se a parcela do financiamento não comprometerá o orçamento. Também é preciso ficar atento aos prazos: ficar muito tempo pagando empréstimo compromete as finanças domésticas por um longo período, além de fazer gastar mais.

Infomoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *