Pastores da Universal são acusados de assassinar e queimar jovem vivo

O jovem Lucas Terra foi queimado vivo

Os pastores da Igreja Universal do Reino de Deus bispo Fernando Aparecido da Silva e pastor Joel Miranda, acusados do assassinato do adolescente Lucas Terra, ocorrido em 2001, tiveram o pedido de habeas corpus negado nesta quinta-feira (2) pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

A defesa dos pastores evangélicos pedia a suspensão do processo alegando que a investigação deveria ser considerada nula por ter sido conduzida pelo Ministério Público e não pelas autoridades policiais.

A questão sobre o poder do Ministério Público de investigar o caso está sendo analisada pelos advogados de defesa de Sérgio Gomes da Silva, conhecido como “Sombra”. Ele é acusado de ser o mandante do assassinato do ex-prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel. A partir da decisão do STF sobre este caso, o entendimento será aplicado a outros julgamentos.

A Turma decidiu analisar o pedido dos pastores devido à peculiaridade do caso. Durante o julgamento, o ministro Ricardo Lewandowski salientou que a investigação não teve início no Ministério Público. Segundo ele, já havia um inquérito policial em curso. Deste modo, a Turma rejeitou a argumentação da defesa e manteve o curso da ação penal.

Caso Lucas Terra

Lucas Terra, de 14 anos, foi violentado sexualmente e queimado vivo em março de 2001. O corpo do adolescente foi encontrado em um terreno abandonado na avenida Vasco da Gama, em Salvador.

O terceiro pastor envolvido, Sílvio Galiza, que está preso há nove anos pelo assassinato de Lucas, disse que o adolescente foi morto por ter presenciado os pastores Fernando e Joel mantendo relações sexuais. Os dois respondem ao processo em liberdade.

Fonte: O Verbo / Correio 24 Horas

Um comentário em “Pastores da Universal são acusados de assassinar e queimar jovem vivo

  • 10 de Janeiro de 2013 em 16:34
    Permalink

    Isso é uma vergonha pra todos os evangelicos! Sou evangelica e não adimito tal situação! Esses pastores JAMAIS poderiam continar pregando na igreja. O povo ta cego pelo diabo mesmo que não vê tanta coisa errada! Mas Deus vê tudo, e quanto maior o cargo que ocupamos maiores são as responsabilidades e Deus pedira contas, e è Ele irmão ninguém engana, terão de prestar contas um dia…pode ter certeza!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *