Surto de febre assusta moradores de Belterra

Alberto Elvis e Miguel Maduro realizam coletas de sangue

Um dos Coordenadores do setor de Endemias de Belterra, Alberto Elvis e o laboratorista Miguel Maduro, informaram para nossa reportagem, na última terça-feira, que Agentes do Setor visitaram o Travessão Doilho (Km 124 – BR 163) e ao chegarem na localidade os agentes perceberam que muitas pessoas estavam com febre.
Imediatamente foi instalado um laboratório ambulante de Endemias no Doilho, onde foi feito a coleta de sangue em muitos moradores. No ano passado o setor registrou mais de 40 casos de malária naquela comunidade. Este ano todos os testes deram resultados negativos, o que significa que atualmente não há pessoas com malária no Doilho.
Alberto Elvis garante que caso apareçam pessoas com sintomas da doença a família ou o próprio paciente deve procurar o agente de Saúde daquela área para fazer a coleta de sangue. “Os agentes do travessão do Doilho estão altamente qualificados para realizar esse tipo de atividade, pois trabalhamos com o total apoio da Secretaria de Saúde de Belterra”, concluiu.

Por: N. Silva / Fone:  (93) 9194-4597

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *