Diesel mais caro gera efeito cascata de preços

A justificativa para o reajuste seria o aumento no preço do biodesel

O diesel estará 6% mais caro a partir desta segunda-feira. Segundo Mário Melo, do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Estado do Pará (Sindicombustíveis), na prática, o aumento no preço representa entre R$ 0,05 e R$ 0,06 de diferença nos preços cobrados nos postos de gasolina.

A justificativa para o reajuste seria o aumento no preço do biodesel, que é misturado ao diesel. “O problema foi que a Petrobras comprou o biodiesel mais caro no último leilão. E como há uma mistura de 5% de biodiesel no óleo diesel vendido, isso puxará o preço nos postos a partir desta segunda-feira”, falou Melo, informando que cerca de 65% do consumo de combustível no estado é de óleo diesel.

Melo ainda alerta que o reajuste no diesel pode implicar o reajuste de outros produtos, como leite, hortifrutigranjeiros, café, entre outros. “Como o abastecimento desses produtos é feito por meio de transporte rodoviário e como os caminhões usam diesel, é quase certo que o frete ficará mais caro, então a diferença poderá ser repassada ao consumidor”, analisa. “Esse efeito cascata não deverá ser sentido nos outros combustíveis, pois o transporte deles é feito por navios”, ressalta Melo.

O último reajuste no preço do diesel aconteceu no primeiro semestre do ano passado, quando houve a autorização para alteração na percentagem de mistura com o biodiesel, que deixou de constituir 3% e passou a ser 5% do óleo diesel.

Diário do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *