Everaldo Martins: “Estou pronto para um debate com Lira Maia”

Everaldinho diz que obras do PAC serão concluídas pelo Governo Maria do Carmo

Quinze dias depois de fazer declarações em relação a política regional, o titular da Secretaria Municipal de Planejamento (SEMPLAN), Everaldo Martins Filho (PT), reafirmou que a Prefeitura de Santarém não quer promover uma disputa política com o governador do Pará, Simão Jatene. Everaldo analisou as declarações do deputado Lira Maia (DEM) em relação às obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em Santarém e afirmou que está disposto a um debate com o deputado Lira Maia. Veja a entrevista na íntegra:

Jornal O Impacto: Secretário, o que o senhor tem a falar sobre a declaração do deputado Lira Maia em relação ao andamento das obras do PAC em Santarém?

Everaldo Martins: Acho lamentável, pois é uma obra que está em andamento ainda e, que eu já coloquei algumas dificuldades que estamos enfrentando. Acho que tem que esperar a obra terminar. É verdade, eu sei que isso precisa ser concluído. Repito que concluímos obras inacabadas, como o viaduto e a segunda etapa da orla. A governadora Ana Júlia pegou o Hospital Regional que não estava acabado, o concluiu e botou para funcionar, então, quase todos os serviços do projeto original estão funcionando, faltando apenas a cirurgia cardíaca. A hemodiálise, neurocirurgia, ortopedia de alta complexidade e a oncologia, tudo já está funcionando no Hospital Regional e, que foi entregue nesse ano, no dia primeiro de janeiro em completo atendimento. Inclusive no projeto da governadora Ana Júlia está a realização de transplante de córnea e rim no HRBA. Esses serviços seriam um avanço que a gente espera que agora alcance, a cirurgia cardíaca e os transplantes que estão na perspectiva.

Jornal O Impacto: Ainda sobre as obras do PAC, o que o senhor tem a falar?

Everaldo Martins: A obra do PAC é do Governo Federal, junto com a Prefeitura e, que vamos concluir, sendo uma obra de saneamento, de urbanização, de habitação e regularização fundiária. Estamos alcançando os bairros Jardim Santarém, Uruará e Mapiri e, acreditamos que é uma grande obra para Santarém, como há muitos anos não se via. O investimento atual do Governo Federal em Santarém está sendo feito, como na década de 1970, pelo governo da antiga ditadura militar, que teve no Brasil. Primeiro isso, a segunda coisa, como foi importante para Santarém o governo de Ana Júlia é o fato de termos na Secretária de Pesca e Aqüicultura, Socorro Pena e a Raimundinha Monteiro, que no início do governo foi do Instituto do Desenvolvimento Florestal. Tanto a Secretaria de Pesca quanto do Desenvolvimento Florestal foram passos dados pela governadora Ana Júlia e, que foi importante para Santarém. Além de concluir o asfaltamento das rodovias Santarém-Mojuí e Santarém/ Curuá-Una, botar para funcionar o Hospital Regional, manter funcionando na Uepa o Curso de Medicina, a governadora Ana Júlia fez serviços importantes para Santarém, como uma Escola Estadual em Boím, construída para ensino fundamental e até para o médio. No sistema viário foi a primeira vez que o Governo do Pará colocou recursos para asfalto de novas vias na zona urbana de Santarém, até em Alter do Chão. Também para o recapeamento asfáltico de artérias importantes, como a Fernando Guilhon, Rui Barbosa e São Sebastião.

Jornal O Impacto: Quais foram os benefícios de Ana Júlia no segmento da pesca em Santarém?

Everaldo Martins: Especificamente na Secretaria de Pesca, que repito ter sido criada pela governadora Ana Júlia e ocupada pela Socorro Pena, que é de Santarém e, que foi muito importante para o Município. Primeiro, os mercados Modelo e Municipal receberam uma reforma, que os governos Federal e Estadual financiaram uma obra de mais de R$ 2 milhões. Segundo, a Estação Santa Rosa, que foi criada pelo governo há muitos anos e que depois foi abandonada, foi revitalizada na íntegra por Ana Júlia para a produção de alevinos, até na parte da Secretaria de Pesca e a Sagri, com a produção de mudas de plantas, entre outras atividades. Hoje, na frente do Mercadão 2000 tem a nova feira do pescado que foi obra do Governo Federal para os pescadores, através da Secretaria de Pesca, que também estruturou um espaço atrás da Sagri, que era da Emater.

Jornal O Impacto: Em relação a sua passagem pela Casa Civil do Pará, o que o senhor tem a declarar?

Everaldo Martins: Eu estive na Casa Civil no último ano da Governadora Ana Júlia e a referida Secretaria tem muito mais um papel político. Não vou ficar dizendo se foi importante ou não estar lá, para o Município.  Agora, é muito ruim ficar dando desculpas que não conseguiu colocar mais pessoas no Governo do Estado e se atracou na Emater, nomeando uma pessoa que não é de Santarém para dirigir o órgão e está brigando agora por todos os cargos regionais. O ex-prefeito Lira Maia está brigando porque quer indicar todos os cargos regionais.

Jornal O Impacto: A escolha do secretariado do governador Simão Jatene implica na questão administrativa de Santarém?

Everaldo Martins: Esperamos que não. É claro que gostaríamos que tivessem mais nomes. Está acontecendo que momentaneamente o Estádio Colosso do Tapajós está interditado de novo, porque o relatório do Corpo de Bombeiros diz que faltam alguns reparos para que a praça de esportes seja liberada para os jogos do São Raimundo. Estamos tentando alcançar com o Governador, o Vice-governador, o chefe da Casa Civil e o Secretário de Esportes, para ver se ajudam a resolver, porque nós podemos colocar um tapume e fazer o que está sendo executado há muitos anos, sendo que o estádio não tem nenhum problema estrutural. Nesse momento é preciso ter bom senso político para dizer: “Olha, vamos ver se ajuda aí na liberação do Estádio”. Então, é muito importante que tenham pessoas de Santarém no Governo do Estado, como o Helenilson Pontes, que está tentando ajudar a resolver o problema do Colosso do Tapajós.

Jornal O Impacto: O senhor gostaria de reforçar as obras construídas pela ex-governadora em Santarém?

Everaldo Martins: Eu gostaria de terminar a entrevista dizendo que o novo Pronto Socorro Municipal foi construído pelo Governo do Estado e, que não tinha nenhuma obrigação de construir um prédio novo em Santarém. O funcionamento está sendo mantido pela Prefeitura, onde o Hospital inaugurou em um dia e começou a funcionar imediatamente e, não ficou esperando. O novo PSM é uma obra importante, que foi da governadora Ana Júlia, sendo uma pauta que foi feita pela Prefeita. Esperamos do novo governo do Pará uma discussão, sobre o que ele pode ajudar na recuperação de uma grande avenida, como o asfaltamento da Anysio Chaves, o apoio na questão de outras vias para serem asfaltadas e no Sairódromo, que era uma obra que estava prevista, assim como o Centro de Convenções. Queremos como cidadão santareno e Secretário de Planejamento, que o Governo do Estado faça o máximo que puder. Agora, vamos sempre poder comparar, a gestão de Ana Júlia e os governos anteriores e os que virão depois, como aqui em Santarém foi possível comparar os oito anos do ex-prefeito Lira Maia, com os quatro anos de Maria do Carmo e na eleição ganhamos dele.

Jornal O Impacto: O senhor gostaria de fazer outras colocações?

Everaldo Martins: Nós estamos à disposição do ex-prefeito Lira Maia, de fazer um debate do jeito, do tamanho e no local que ele quiser, mas gostaríamos mesmo é que o Deputado se empenhasse junto ao novo governo do Pará, para conseguir coisas que sejam de benefício para a população de Santarém, como tem feito a prefeita Maria do Carmo e a ex-governadora Ana Júlia. Na entrevista passada, eu disse que a construção do Hospital Regional foi uma grande obra, assim como o reinício do asfaltamento da Santarém-Cuiabá, o Curso de Medicina da Uepa. É isso que nós queremos, ao invés de uma disputa política e, que não fizemos em 2005 e 2006, quando o governador Jatene tinha disputado a eleição com a prefeita Maria do Carmo. Não fizemos disputa política com ele, mas quem fez foi o ex-prefeito Lira Maia com o ex-governador Almir Gabriel e colocou a população de Santarém refém de uma disputa que não deu absolutamente em nada e não rendeu nenhum benefício para nossa cidade. Nós não vamos fazer disputa com o governador Jatene, mas na hora das eleições vamos concorrer novamente e vamos ver os mapas eleitorais tanto de 2010 quanto o de 2008, sendo oito anos do Lira Maia, contra quatro que a Maria do Carmo tinha na época.

Por: Manoel Cardoso

Um comentário em “Everaldo Martins: “Estou pronto para um debate com Lira Maia”

  • 8 de fevereiro de 2011 em 08:57
    Permalink

    É de rir com as declarações do Sr. Everaldo Martins quando diz, estou pronto para um debate e que Santarém vai virar um canteiro de obras, e por que, antes de virar um canteiro de obras a prefeitura não procura concluir as obras que estão inacabadas, o recapeamento de várias ruas que foram feitas só a metade, e em vez de mandar jogar brita nos buracos procura fazer um trabalho de recuperação das ruas melhor, porque esse trabalho de tapa buracos é uma vergonha. Chega de enrrolação, ultimamente o governo de Maria do Carmo tem sido uma vergonha para Santarém e Oeste do Pará, cadê um porto decente que tanto se fala em construir e até o momento nada, o porto da praça tiradentes é uma verdadeira bagunça é uma falta de respeito para passageiros e trabalhadores daquele local, aproxima-se as eleições e vocês podem ter surpresas nas urnas.

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2011 em 16:31
    Permalink

    OUTRA COISA É VER O ESTADO DAS RUA DE SANTAREM E DAS PERIFERIAS, TA TODO MUNDO RECLAMANDO E A ALBA VALERIA QUE NAO SE SABE PORQUE CONTINUA NO CARGO COM O PERTERSON SO DAO DESCULPAS QUE JA TEM PROJETO PRAQUELE LUGAR, POVO VAO PRA PREFEITURA E REINVINDIQUEM, OU ENTAO DEEM A RESPOSTA NO CANER DO IPTU DESSE ANO

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2011 em 16:29
    Permalink

    NA VERDADE A OBRA DA AV BORGES LEAL O ASFALTO DO PAC NAO FEZ NEM ANO E JA TA TODO PARTIDO E FURADO PROXIMO DA IGREJA, E NO INICIO DA RUA. ALEM DISSO NAO EXISTE DRENAGEM E O POVO TA RECLAMANDO

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2011 em 17:44
    Permalink

    Dr. Everaldo, deixe de blá, blá, blá, e comece a trabalhar, talvez o Sr. consiga, reverter essa situação, pois a Prefeita Maria do Carmo, está trilhando os mesmos caminhos da ex-governadora. O resultado todos ja sabem.

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2011 em 14:33
    Permalink

    Estava faltando uma pessoal de raça no governo maria. everaldo tem coragem de enfrentar e quando ele esteve a frente da secretaria de planejamento o governo da maria era diferente. Parabens everaldo pela audacia e postura.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *