Silvio Amorim deixa as fileiras do PP em Santarém

Silvio Amorim

Mais uma baixa deixa o PP em Santarém em situação nada confortável. A liderança do secretário Luiz Alberto da Cruz parece não atingir os objetivos do Partido Progressista, que há tempos era considerado um dos maiores entre a classe política santarena. Do jeito que está, o PP pode figurar entre os partidos “nanicos” da Pérola do Tapajós.

Da Redação

Um comentário em “Silvio Amorim deixa as fileiras do PP em Santarém

  • 21 de agosto de 2012 em 12:46
    Permalink

    Estou feliz, por você pois sei que esta é a hora de vencer juntamente com o povo. se prepare companheiro pois você tem muito pela frente continue forte. grande abraço do seu amigo marco lopes

    Resposta
  • 29 de Março de 2011 em 11:05
    Permalink

    A Senhora Florinha Matos o elogia pq ela é sua teuda e manteuda, todos em Santarém sabem disso, menos a mulher desse traste ai que ainda se diz evangélico.

    Resposta
  • 28 de Fevereiro de 2011 em 13:20
    Permalink

    Santarém precisa de sangue novo no Governo de nosso Município, falam calúnias a respeito de Silvio Amorim por que os que se dizem poderosos de nosso Município tem medo de perder o poder e dinheiro que arrecadam através de suas negociatas. Silvio Amorim virá para vereador e com certeza será eleito, pois, quem o conhece sabe muito bem de sua trajetória, de menino pobre, vendedor de bombom e carregador do antigo tablado que acreditou na força da educação, trabalho e hoje é um vitorioso, graças a seus esforços como um jovem que sempre acreditou no ser humano, na educação e na base familiar como sustentáculo para se chegar ao sucesso.

    Resposta
  • 11 de Fevereiro de 2011 em 16:15
    Permalink

    Amigo, me parece que o PSC é partido que abriga corruptos e nefastos, é só olhar para o recém eleito deputado estadual e seu irmão que são unha e carne desse biólogo ai…

    Resposta
  • 11 de Fevereiro de 2011 em 12:48
    Permalink

    Esse ai é um porcaria, tem sonho de ser vereador em Santarém, muda de partido por interesses escusos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *