Após polêmica, Semtur mostra projeto de reforma do Terminal Turístico

Secretário Diego Pinho diz que espaço ganhará um novo visual

O turismo pode ser denominado como um dos principais segmentos da economia santarena. Isso é algo que deve ser zelado e consequentemente deve ser levado muito a sério.

Recentemente recebemos uma denúncia na redação do jornal O Impacto que falava das péssimas condições do Terminal Turístico Fluvial de Santarém, mostrando o estado deplorável da madeira que compõe o piso e o acesso à balsa anexada ao Terminal, que teve o acesso fechado pela Capitania dos Portos à permanência e trânsito de pessoas com fins de práticas de lazer. Para esclarecer essa situação, recebemos em nossa redação o Secretário Municipal de Turismo, Diego Pinho.

Segundo Diego Pinho, ver a matéria publicada no jornal O Impacto, mais precisamente na Coluna Bocão, causou-lhe bastante preocupação. “Essa preocupação não vem de hoje, já tem um pouco mais de seis meses com toda questão da estrutura. A Secretaria está buscando as melhores formas de recuperar e entregar à população uma melhor estrutura e adequada para que todos possam utilizar o Terminal Fluvial Turístico, que é uma referência no que diz respeito a atrativo turístico em nosso Município. Tendo essa relevância, não devemos jamais perder essa estrutura, sendo que estamos buscando parcerias para melhorar aquele espaço”, disse Diego Pinho.

“Estivemos conversando com nossa equipe de governo, sobre de que forma nós poderíamos recuperar aquele espaço e buscamos o entendimento de que poderíamos encontrar uma boa saída, que seria através da parceria entre o poder público e o privado. Hoje, esse tipo de parceria já é presente em todo o nosso País. Isso é claro para toda população brasileira que o Brasil está passando por grandes dificuldades e nós entendemos que é uma oportunidade de conversar com os empresários e com a comunidade para abraçar o que não é apenas do governo, mas sim o que pertence à população. Trata-se de um espaço público que todos devemos abraçar, principalmente porque é um ponto de visitação de vários turistas e da própria população. Para isso, nós conversamos com uma empresa que exerce uma gestão na área, que utiliza o espaço; ela se sensibilizou pela grande necessidade e da importância em fazer os reparos naquela estrutura e nós apresentamos a nossa grande dificuldade. A empresa entendeu que é importante trabalhar com esse reparo e eu vim aqui na redação de O Impacto, trazer com grande felicidade, o projeto futuro e como será essa revitalização. Um projeto que consiste em um trabalho de 120 dias para ser entregue para população. Ou seja, uma nova cara, uma nova proposta, uma nova estrutura, inclusive ela passará por uma ampliação e padronização da utilização daquele lugar. Vai ficar um belo espaço, que toda população irá usufruir”, anunciou o Secretário Municipal de Turismo de Santarém.

Ao ser questionado se o projeto já foi aprovado, Diego Pinho foi enfático: “Sim! Já foi aprovado, bem como já recebemos o parecer da Procuradoria Geral do Município, que avaliou os termos legais, sendo que tudo está dentro do que é permitido. Nós entendemos que dentro do processo público temos que levar as coisas com seriedade e para isso nós consultamos nossa equipe jurídica, tanto da Secretaria quanto da Procuradoria, para que possamos fazer um trabalho de forma clara para que não se tenha dúvidas no futuro; para isso a Procuradoria entregou um documento com parecer favorável, que estaremos encaminhando para a SEMINFRA, acreditamos que no decorrer da semana esteja tudo certo e aprovado para que a empresa que apresentou interesse possa definitivamente iniciar os serviços de revitalização daquele espaço público, ou seja, tudo está em caráter de urgência. Não vim antes para não criar expectativas frustradas, então, tivemos a preocupação de apresentar o projeto apenas depois que tivesse em andamento e finalmente ir para prática. Nós estamos nesse passo. É importante deixar claro para a população que nós estamos trabalhando para buscar o desenvolvimento do nosso turismo e dos nossos espaços. Dentro da proposta que já foi discutida, nós teremos algumas mudanças, sendo que a atual estrutura tem uma passarela de acesso passará por um ampliação, que vai ficar aproximadamente com cerca de 14 metros de comprimento. Isso vai dar possibilidade de termos uma estrutura melhor e mais adequada. Outro passo positivo com a revitalização, é a possibilidade de utilizar o espaço dos banheiros de forma correta, banheiros químicos adequados, masculino, feminino e com acessibilidade, pois entendemos que todos devem ter direito a utilizar esse espaço, que vai passar por uma grande mudança, não somente na estrutura, mas também na parte administrativa, onde queremos padronizar para quem utiliza aquele espaço”, disse Diego Pinho.

Ao perguntarmos sobre a balsa que atualmente está proibido o trânsito de pessoas e qual será seu objetivo, Diego Pinho informou: “Algumas pessoas questionaram o porquê do fechamento. Primeiramente, quero deixar claro que a balsa não é um espaço para trânsito de pessoas, e de fato era usada de forma inadequada, então, pedimos uma avaliação técnica da Marinha e a mesma nos recomendou que fizéssemos o fechamento do acesso de pessoas para permanecerem na estrutura e autorizada apenas para embarque e desembarque de passageiros. Com essa ampliação, agora poderemos proporcionar a todos aqueles que gostavam de utilizar a balsa, que poderão usar as janelas, o que chamamos de acesso, e as pessoas não precisarão consumir no estabelecimento que ali existe, é um espaço público e todos têm direito a permanecer nesse espaço. Inclusive, nós temos dentro da Secretaria o projeto “Pôr do Sol”, onde a gente trabalha tanto com nossa cultura como o que nós temos de atrativo em nosso Município e, dentro dessa proposta de revitalização, queremos criar espaços para que possa ocorrer apresentações culturais. Nós já utilizamos hoje na área externa, mas com essa ampliação teremos um ganho maior de público. Essa nova proposta consiste em dar espaço para as apresentações culturais”, finalizou Diego Pinho.

Por: Jefferson Miranda

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *