CredCidadão beneficia empreendedores de Santarém com mais de R$ 300 mil

O programa CredCidadão realizou nesta terça-feira (31), em Santarém, na região oeste do Pará, mais uma liberação de microcrédito. A entrega foi realizada nas dependências do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas e contemplou 65 micro e pequenos empreendedores e 18 mototaxistas permissionários. Ao todo, foram liberados R$ 346.930,57.

Sessenta e cinco micro e pequenos empreendedores da região do Lago Grande, localizada na zona rural de Santarém, área com quase 30 mil habitantes, formada por 74 comunidades foram beneficiados, com diferentes atividades econômicas: confecções em geral; frutaria; variedades; venda de farinha; revenda de peixe; venda de frango; bar; mercadinho; criação de galinha; panificadora; hortifruti; mecânica; costura; produtos de informática, entre outras.

O crédito no valor de R$ 177 mil foi repassado às Associações dos Amigos do Lago Grande do Curuai (Aslago) e Associação de Moradores da Vila Curuai (Asmovic).

William Manoel Pinto Pereira é recordista em liberações. Com a desta terça-feira, ele chega a cinco. “Sou vendedor ambulante, trabalho com crediário. Eu tinha um pequeno negócio e hoje tenho meu próprio transporte e já emprego duas pessoas que trabalham comigo”, relatou o empreendedor, que reforçou sobre a importância de manter as parcelas em dia. “Na primeira vez eu peguei R$ 3 mil, na segunda vez foi para quatro, cinco, sete e agora estou tirando R$ 8 mil. Nunca atrasei uma parcela, sempre paguei adiantado para o crédito aumentar”, destaca.

Financiamento para mototaxistas

O programa também beneficiou mototaxistas que realizam o serviço de transporte de passageiros autorizado pela Prefeitura de Santarém. Esta linha destinou aproximadamente R$ 170 mil. O ex-presidente do sindicato da categoria, que esteve à frente das negociações, juntamente com os órgãos do Estado, ressalta que este crédito é importante para a valorização do profissional. “Esta segunda entrega totaliza um investimento de R$ 420 mil, viabilizado por meio de nossa gestão e o estado do Pará para beneficiar a categoria na renovação da frota”, observa.

O secretário regional de Governo do Baixo Amazonas, Olavo das Neves, reiterou o papel do Estado para incentivar e fomentar a economia. “Num momento de crise pelo qual o Brasil atravessa é indispensável incentivar o empreendedorismo, sobretudo o micro e pequeno empreendedor, que contribui para gerar renda e dar qualidade de vida as suas famílias”, disse.

Fonte: RG 15/O Impacto e Secom/Pa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *