EDUCAÇÃO À FRANCESA I Eduardo Fonseca Ed. 1209

EDUCAÇÃO À FRANCESA

Coincidentemente no dia em que o alunado brasileiro volta às aulas, para o segundo semestre do ano letivo, dia primeiro de agosto deste ano de dois mil e dezoito pós-nascimento do Nosso Senhor Jesus Cristo, “en France”, lança-se mais uma lei para a melhoria da sempre eficiente e moderna educação francesa.
Ou seja, a partir do 01 de agosto de 2018, já que a lei foi assinada no dia 31.07.2018, entrou no dia seguinte em vigor. Com esta lei as crianças francesas vão deixar de poder utilizar o celular na escola já a partir do próximo ano letivo, depois que a Assembleia Nacional aprovou, nesta terça-feira, um projeto lei que funciona como “medida de desintoxicação” para os mais jovens.
O presidente francês Emmanuel Macron, cujo partido detém a maioria na Assembleia Nacional, já tinha manifestado durante a campanha eleitoral a intenção de proibir os celulares das crianças em creches e escolas primárias e básicas. O objetivo da lei é de, principalmente reduzir as distrações na sala de aula e combater os casos de bullying, pedofilia e de pornografia e até de (“imoralidade”).
A lei foi aprovada por maioria, ainda que com o voto contra dos republicanos (centro-direita). Segundo esta lei, as crianças não podem utilizar os celulares em recreios, nas horas de pausa ou em qualquer local dentro dos estabelecimentos de ensino.
Os apoiadores da lei consideram que a proibição dos celulares nas escolas significa que as crianças passam a ter o “direito de se desconectarem” da pressão digital do dia-a-dia. Em canal de televisão, o Ministro da Educação afirmou que “ninguém poderá encontrar o seu caminho num mundo tecnológico se não souber ler, escrever, contar, respeitar os outros e trabalhar em equipe”. “Os celulares são um avanço tecnológico, mas não podem monopolizar as nossas vidas”, acrescentou Jean-Michel Blanquer, citado pelo Ministro.
Além das crianças, também os professores vão ter novas regras: a partir de setembro não podem utilizar aparelhos eletrônicos nas escolas e universidades francesas. E de acordo com a agência de notícias, mais de 90% das crianças francesas com 12 anos ou mais têm celular. A decisão tomada nesta terça-feira já iniciou o debate no Reino Unido, que pondera seguir as pisadas de Paris.
E eu penso, como vai ficar no Brasil, com essa mudança de comportamento na educação, pois sempre recebeu, à séculos, influência da França no campo da Educação e Cultura, Já que algumas autoridades educacionais disseram que aqui já temos leis parecidas, precisa, apenas, que os estados e municípios colocarem para “funcionar”.
No caso do Pará, para quem não sabe, já a ex governadora, Ana Julia Carepa sancionou a Lei 7.269 2009, que proíbe o uso de aparelhos celulares e eletrônicos como MP3, MP4 e PALMS TOP dentro das salas de aulas. A proibição se aplica às instituições de ensino fundamental e médio da rede pública estadual.
A lei deveria ser regulamentada pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) em um prazo de 90 dias e a esta caberia à Seduc promover campanhas informativas e a fiscalização do uso dos aparelhos em sala de aula, como Placas e cartazes deveriam ser afixadas nas dependências das escolas e nas áreas de acesso para orientação dos estudantes. No caso de instituições de nível fundamental, e a direção da escola deveria comunicar aos pais e responsáveis dos alunos sobre a proibição
A mesma medida, que já entrou em vigor em outros estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Ceará e Rio Grande do Sul, também poderá se tornar lei federal, pois já há um projeto de autoria do deputado federal Pompeu de Mattos (PDT-RS), que está tramitando na Câmara dos Deputados e poderá vetar o uso do aparelho celular não só pelos alunos, mas por todos dentro das escolas.
Finalizando, segundo especialistas, o uso do celular em sala de aula pode causar a distração do aluno, afetar o rendimento escolar das crianças e atrapalhar a didática dos professores. O objetivo da lei é de, principalmente reduzir as distrações na sala de aula e combater os casos de bullying, pedofilia e de pornografia e até de (“imoralidade”).
UMAS E OUTRAS: Parece que o povo brasileiro não está nem um pouquinho preocupado com quantos dias faltam para o dia 07 de outubro, dia da eleição para senador, deputado federal, deputado estadual e governador, pois eu lhes digo, FALTAM APENAS 65 DIAS PARA AS ELEIÇÕES. Tempo pouco para ver quem merece voto dos santarenos. Se os regionais, QUE VOLTAM DE QUATRO EM QUATRO ANOS, com aqueles mesmos discursos velhos, cansados e “manjados”, como o “estado do Tapajós”, “segurança”, saúde e “educação”; os “paraquedistas” que já estão pousando aqui, como “mosca de aniversário”. ///////// Veja só o cenário: em pesquisa realizada pelas emissoras de rádio e televisão do País, chegaram a números duros e preocupantes .O eleitorado brasileiro cresceu em 3,4% Os eleitores jovens diminuíram em 14,53% o que equivale a um milhão e quatrocentos mil eleitores, O QUE VEM DEMONSTRAR QUE O JOVEM NÃO ESTÁ INTERESSADO NA POLÍTICA. ///////// 45% dos eleitores que estão na faixa economicamente ativa. ///////// DEZ MIL (10.000) eleitores estão na faixa de mais de 70 anos de idade, os que não são obrigados a votar para quem o voto é facultativo, como também, aos menores até dezesseis anos de idade. Chance de demonstrar na prática, o que se quer para o meu País, quase 147 milhões de eleitores aptos a votar. ///////// As mulheres são a maior parte com 52%. E 500 mil eleitores estão fora do Brasil e aptos a votar. E VOCE? ESTÁ CONTENTE COM O QUE ESTÁ AÍ? “ELEITOR MOSTRA A TUA CARA!”. ///////// NESTA SEXTA TEM SEXTA DA SAUDADE NO FLUMINENSE, COM A BANDA STILLUS, A PARTIR DAS 23 HORAS, IMPERDÍVEL! ///////// LAMENTO a partida do amigo da minha família e meu amigo particular o Dr. TADEU PANTOJA, para habitar uma das moradas que o Pai do Céu lhe reservou. Foi ex atleta do Flamengo do tempo do João Sousa. Foi Delegado de Polícia em diversas cidades do Pará. Mas acima de tudo, era um grande amigo que a todos recebia com um largo e sincero sorriso. Minhas Solidariedades a família enlutada e em especial a Dra. Edith Pantoja, sua esposa, e seus filhos LAUBIER e LAUDREÍSA minha amiga ESTELITA e o ANDERSON, todos os membros da família Pantoja. O sepultamento será em Santarém, hoje. REQUIESCAT IN PACEM!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *