Polícia prende estupradores de Uruará

Estupradores de Uruará

A determinação do delegado geral Nilton Barreto Athayde é o combate sistemático ao crime tanto na capital como no interior e o resultado desta ação estão nos mandados de prisão cumpridos com a retirada de circulação de criminosos que vinham apostando na impunidade para continuar livres.

Foi assim que policiais civis lotados na Delegacia de Polícia Civil no município de Uruará prenderam Aldair José Meira dos Santos, acusado de estuprar uma criança no ano de 2003, em Uruará. Ele foi preso a 30 km do município, quando trabalhava em uma lavoura de cacau, como se nada tivesse acontecido, uma vez que devido à distância sentia-se impune. Segundo o inquérito policial, Aldair José está sendo acusado de ter estuprado sua sobrinha de apenas oito anos de idade, que morava com sua mãe no município de Medicilândia. Por outro lado, o pai da criança também está sendo acusado de abusar sexualmente de sua enteada, estando com sua prisão preventiva decretada pelo juiz da comarca de Uruará.

O segundo caso envolve Franciclei Rufino Moura, conhecido por “Ciclei”, de 24 anos, acusado de ter estuprado sua prima, de apenas quatro anos, tendo sido preso em flagrante após o pai da vítima ligar para a Polícia e informar o ocorrido. Segundo a polícia, o acusado, aproveitando-se da confiança de seus familiares e quando os mesmos não estavam presentes, forçou a criança, que em prantos, foi socorrida pelo pai, que é primo em primeiro grau de “Ciclei”.

PRISÃO – “Ciclei” foi preso pelo delegado Manoel do Espírito Santo e investigadores Silvio Alex e José Tadeu, estando à disposição da Justiça.

 (Diário do Pará)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *