Lideranças buscam apoio da imprensa para o SIM ao Tapajós

Lira Maia, Alberto Oliveira, Maria do Carmo e Admilton Almeida

Diretores de veículos de Rádio e TV, além de diretores de jornais impressos de Santarém estão recebendo desde ontem, segunda-feira, a visita de lideranças dos poderes político e empresarial. O objetivo é pedir apoio na campanha pelo SIM para aprovação em plebiscito, do estado do Tapajós.

O que causa surpresa é que os antes adversários políticos ferrenhos, que trocavam farpas, insultos e acusações no horário político, agora estejam de mãos dadas em favor do SIM ao Plebiscito.

A visita à imprensa, que incluiu o jornal O Impacto, feita pela prefeita de Santarém, Maria do Carmo (PT); pelo deputado federal Joaquim de Lira Maia (DEM); e pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santarém, Alberto Batista de Oliveira, é resultado de um planejamento da Comissão Executiva e do Conselho Político do Instituto Cidadão Pró-Estado do Tapajós (ICPET).

Para Joaquim de Lira Maia, essa é uma tarefa de todos. “Temos obrigação, de alguma forma, de ajudar, e nós precisamos também do engajamento da imprensa. É uma luta grande, precisamos nos unir, e esta talvez seja a única oportunidade de nossas vidas. Será a mudança de vida de nossa região. Aqui não tem partido político. O único candidato é o Tapajós”, expressou o parlamentar.

Foram visitados os seguintes veículos de comunicação, na segunda-feira, Rádio Rural; Rádio e TV Guarany; Rádio 94 FM e TV Tapajós; TV Amazônia; Rádio Tropical e TV Santarém. Hoje, terça-feira, a visita que começou no jornal O Impacto, se estenderá a outros órgãos de comunicação da cidade.

“Nós entendemos a importância da imprensa nesse convencimento. O que nos move, nesse momento, é a história política de longos anos nesse processo. Estamos juntos porque esta é uma campanha suprapartidária e nós da política, precisamos estar inseridos nela e agir de forma articulada para que possamos vencer, senão, futuramente, seremos cobrados pelo que fizemos ou deixamos de fazer enquanto prefeita e enquanto deputado federal, pela criação do novo estado”, declarou a prefeita Maria do Carmo.

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Lideranças buscam apoio da imprensa para o SIM ao Tapajós

  • 30 de novembro de 2011 em 14:45
    Permalink

    A princípio todos unidos para fazer a divisão do Pará e criação de novos Estados, se dizem comovidos com a pobreza mais será mesmo que estão preocupados com a população ou é com a conta bancária deles…..

    Resposta
  • 4 de agosto de 2011 em 13:56
    Permalink

    Em pronunciamento na Alepa (Assembleia Legislativa do Pará), o deputado estadual Júnior Ferrari (PTB) pediu reparação ao jornal O Liberal que, “de forma equivocada”, noticiou que o político oriximinaense iria compor a frente parlamentar contra a criação dos estados do Tapajós e Carajás.
    – Sou parte atuante da frente pró-Tapajós e não abro mão de uma escolha saudável, através de um plebiscito que está se aproximando, para que o assunto seja resolvido de forma democrática – enfatizou.

    Resposta
  • 4 de agosto de 2011 em 12:16
    Permalink

    Lançamento do comitê Nacional Pro Tapajós e Carajás.‏

    Acontece em Brasília, o lançamento do Comitê Pró Tapajós e Carajás, na Câmara Federal, anexo II. Pelo Estado do Tapajós estão presentes: O deputado Lira Maia, prefeita Maria do Carmo, prefeito Aparecido (Rurópolis) vereador Reginaldo Campos, Deputado Alexandre Von, prefeito Danilo Miranda, (Trairão) Wilson Lisboa (assessoria jurídica do ICPT), Alberto Oliveira e Olavo das Neves.(coordenação ICPT).
    Pelo Carajás estão presentes: Deputado Wandenkolk Gonçalves, Deputado federal Zequinha Marinho, Deputado federal Giovanni Queiroz, Prefeito Luciano Guedes e Ítalo Ipojucan.

    Resposta
  • 4 de agosto de 2011 em 10:09
    Permalink

    Criação do Tapajós vai aquecer construção civil

    Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Santarém, José Santana, a criação do Estado do Tapajós vai fortalecer o setor, pois criará várias frentes de serviços e contribuirá com o desenvolvimento da região. A expectativa entre os trabalhadores é a melhor possível, já que o volume de obras nos municípios que vão compor a unidade federativa será intenso.

    Santarém, alçada à condição de capital, certamente abrigará os grandes empreendimentos, pois será necessária a construção de novos prédios para sediar futuros órgãos públicos estaduais. “Estamos confiantes com este processo. O clima é favorável à criação dos novos estados, pois nunca houve uma mobilização tão intensa como a que ocorre neste momento. Portanto, a construção civil será um dos setores que certamente será alavancado com inúmeras obras. Não temos dúvidas de que o futuro Estado será bom para todos nós”, observou José Santana.

    Resposta
  • 4 de agosto de 2011 em 09:12
    Permalink

    Zequinha Franco deixou seu comentário sobre o post: : Lira e Maria juntos pelo Tapajós”

    Eu penso que esse momento é de união pela criação do Estado do Tapajós. Maria do Carmo e Lira Maia, todos sabemos que sempre foram adversários de interesses políticos, mas estão mostrando muita inteligência e sensibilidade com a causa de criação desse novo estado. Como disse o anônimo: Todos devem estar unidos nessa luta pela criação do Estado do Tapajós. Eu como filho e morador dessa região esquecida pela falta de investimentos dos governantes ao longo da historia desse Estado, vou fazer minha doação com muito orgulho de R$ 6,00 para o Instituto SIM ao Tapajós custear as despesas da campanha. Quero aqui expor meu sentimento dizendo que toda a população ganha com esse projeto de crescimento da Amazônia! Quem perde são os políticos viciados que nada fizeram ou quase nada pelo povo que mora, trabalha e estuda nessa imensa região! Concluo dizendo que todo e qualquer custo para a criação desse tão sonhado Estado do Tapajós é investimento para o fortalecimento da Amazônia e do Brasil.

    Resposta
  • 4 de agosto de 2011 em 08:25
    Permalink

    COMENTÁRIOS / DRIBLE DO “NÃO” NO GANSO.
    Comentário: Pedro Maia,
    Sobre o post Ganso convocado para campanha do “não”:

    Bem que nós do SIM poderíamos “contratar” o Elkeson, do Botafogo pois ele cresceu em Marabá, apesar de ter nascido na cidade de Coelho Neto(Ma) mas se considera “paraense”.
    Outro que poderia ajudar na campanha seria o Jeda, santareno que atua na Itália. Fica o recado.

    Resposta
  • 3 de agosto de 2011 em 11:09
    Permalink

    Zenaldo Coutinho, contrata o jogador Ganso, da seleção brasileira e a cantora Fafá de Belém.

    A furia do braço direito do governador Jatene não para por aí, ele fará de tudo para impedir a

    emancipação.

    A furia de Zenaldo só vem provar que o Estado do Tapajós é viável.

    E ainda tem a cara de pau de dizer que há abusos da frente de emancipação do Tapajós e Carajás.

    Ele sim comente abusos com o dinheiro público do Pará.

    Zenaldo , dessa forma, assume que o Estado do Tapajós é viável.

    Resposta
  • 3 de agosto de 2011 em 07:50
    Permalink

    Essa união tardia do Lira Maia com Maria do Carmo é a maior prova de que o bom senso prevaleceria. Ora, tanto um como a outra foram premiados com seus cargos políticos pelo POVO, logo, nunca deveriam tê-los usado para atingir seus desafetos políticos. que DEUS ilumine essa união, para que realmente o maior beneficiado seja o POVO, êste sim, merece usufruir de todas as besesses que este ato trará. A HISTÓRIA DIRÁ ISSO.

    Resposta
  • 2 de agosto de 2011 em 10:57
    Permalink

    Essa união faz ser desfeita após aprovação do Estado. Ou Lira Governador e Maria Vice. Confusão doida

    Resposta
  • 2 de agosto de 2011 em 10:53
    Permalink

    Quem ganha é o estado do tapajos. Otima essa união.

    Resposta
  • 2 de agosto de 2011 em 10:42
    Permalink

    O que o tapajos faz. Lira e Maria grandes amigos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *