Seinfra criará sistema de acompanhamento das obras do governo‏

O secretário Sérgio Leão

A Secretaria Especial de Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento Sustentável (Seinfra) começou a fazer o controle geral de todas as obras do governo em andamento, estabelecendo metas e prazos de execução. Para isso, está sendo criado um sistema geral padronizado de acompanhamento das obras, que será alimentado por cada um dos órgãos vinculados à Seinfra.

O assunto foi discutido ontem, quarta-feira (14), durante uma reunião entre o secretário Especial Sérgio Leão e os titulares e técnicos das secretarias de Obras Públicas; Desenvolvimento Urbano; Ciência, Tecnologia e Inovação; Transportes; Segurança Pública e Educação; Companhias de Saneamento (Cosanpa) e de Habitação (Cohab), e projeto Ação Metrópole.

Sérgio Leão destacou que é preciso fazer um quadro mais real do que está acontecendo, para aprimorar o fluxo financeiro às principais necessidades do Estado. “Esse mecanismo de acompanhamento mensal das obras, além de conter valores, prazos e cronograma de execução, deverá ter alguns indicadores qualitativos que mostrem a importância do que está sendo executado”, disse ele, acrescentando que “quando construímos um conjunto habitacional, por exemplo, é preciso ter dados que mostrem em quanto isso vai reduzir o déficit habitacional no Pará”.

Todo esse trabalho será coordenado por um núcleo especial de acompanhamento na Seinfra,  formado por Paulo Elcídio Nogueira e Frederico Monteiro, com a participação das técnicas Valéria Fonteles de Lima, Ana Regina Bastos e Patrícia Nasser.  Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Alex Fiúza de Mello, a padronização da planilha de acompanhamento das obras é fundamental e deve ser respeitada por todas as secretarias.

Coordenação – Outro assunto discutido na reunião foi a necessidade urgente de que todas as obras em execução, tanto na capital quanto no interior, sejam coordenadas pela Secretária de Obras. “Quando assumimos existia um desvio de função, já que muitas obras eram feitas pela Seduc, Sespa, Segup e outros órgãos, sem o acompanhamento da Seop. Mas isso já está mudando”, destacou o titular da Seop, Joaquim Passarinho.

Também participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Urbano, Márcio Spíndola, e de Transportes, Francisco das Chagas Melo; os presidentes da Cosanpa, Antônio Braga, e da Cohab, Marco Aurélio; os coordenadores do Ação Metrópole, Cesar Meira e Marilena Mácola; o secretário Adjunto da Segup, Claudio Lima, e o diretor da Seduc, José Croelhas.

Por: Marlicy Bemerguy – Seinfra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *