Transportadora Bertolini acusada de soterrar Igarapé do Irurá

Vala cavada pela Bertolini

Uma vala medindo aproximadamente 5 metros de largura, por 200 de comprimento e 5 de profundidade, cavada por máquinas da empresa Transportes Bertolini Ltda, às margens da Alameda Alecrim, próximo a nascente do Igarapé do Irurá, virou alvo de denúncia de moradores do bairro da Matinha, em Santarém-Pará.

Segundo os moradores, a vala cavada pela Bertolini vai acelerar o processo de assoreamento e soterramento do Igarapé do Irurá, por ter sido construída próxima ao manancial e por afetar diretamente o recurso hídrico.

“Essa enorme vala vai aterrar o Igarapé, o qual já vem passando pelo processo de poluição há muitos anos, por causa da ação de empresas irresponsáveis que se instalaram nas proximidades”, dispara um morador do local, que pediu para não ter a identidade revelada.

Máqauin da Bertoline assoreando o igarapé

A distribuição do sistema de água colhido pela Cosanpa, próximo ao Irurá, também pode ser afetada pelo soterramento do Igarapé. “Hoje, o Irurá é responsável por 60% do abastecimento de água em Santarém e, existem muitas famílias reclamando da falta do líquido nas torneiras de suas casas. O que já não é bom poderá piorar com o soterramento do Irurá”, avisa o comunitário.

A Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Santarém deverá fazer um relatório em relação às agressões ambientais sofridas pelo Igarapé do Irurá.

Fonte: RG 15/O Impacto

 
 

 

Poluição no Igarapé

 

 

 

3 comentários em “Transportadora Bertolini acusada de soterrar Igarapé do Irurá

  • 11 de outubro de 2011 em 08:36
    Permalink

    Verdade Jennings, nossas lembranças da infância como os passeios no Igarapé do Irurá. Íamos de caminhão, toda familia e era aquela festa. Hoje ao passar por perto do Irurá não o vejo. Onde estás? Será que só nas músicas regionais? Ainda tem tempo, mas será que há coragem dos governantes em pelo menos amenizar o sofrimento de uma nascente quase a morrer?

    Resposta
  • 11 de outubro de 2011 em 08:27
    Permalink

    aonde estão as OTORIDADES , os órgãos de defesa do meio ambiente, os ecos chatos,IBAMA, SEMMA ou cabide de emprego análogo secretaria de defesa do meio ambiente.
    por onde anda essa gente??? o IRURÁ pede socorroooooo!!!
    e vocês estão dormindo em berço esplêndio???

    Resposta
  • 10 de outubro de 2011 em 10:37
    Permalink

    Mais um crime ecológico que ficará impune! Onde estão as nossas autoridades locais, que permitem a destruição de um manancial como o Irurá, grandes e alegres lembranças de minha (e de muitos santarenos) infância? Acredito que ainda podem ser tomadas medidas contra mais esse abuso.Não deixem nosso Irurá \’morrer\’!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *