Eleição no CRC-PA: “Mudança e Valorização”

José Luiz Fernandes

Nos dias 10 e 11 deste mês ocorre a eleição do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Pará (CRC-PA). O atual vice-presidente administrativo da Entidade, José Luiz Nunes Fernandes, procurou nossa reportagem para divulgar o apoio a Chapa 2 e colocar as diretrizes de trabalho desse grupo. A chapa 2  traz o lema: “Mudança e Valorização”.

“Por ter percebido que o Conselho Regional de Contabilidade pode fazer muito mais pelos contabilistas, estou apoiando esse grupo de trabalho”, esclareceu José Luiz Nunes Fernandes. Inserido nas atividades da atual diretoria, analisa que a única dinâmica para os membros da categoria realizada pela direção do CRC-PA, limita-se em palestras. “Precisamos exercitar, através de cursos e entrar na linha de transformações da contabilidade, no Brasil e no mundo”, informou o vice-presidente.

José Luiz, através da proposta da chapa, anuncia maior abertura da entidade contabilista, principalmente ao meio acadêmico. “Hoje, como regra, o Conselho esquece dos estudantes e dos  profissionais de ensino. Deve ser realizada uma reciclagem entre os profissionais, mas que também deixe de fazer isso em um ambiente fechado. A própria instituição acaba perdendo, por deixar de acompanhar essa transformação”, informou José Luiz.

A representação santarena é destacada com todo respeito pelo vice-presidente administrativo, como pouco atuante na região.  Agregar essa redução de atividade pelos contabilistas locais, à falta de maior apoio do CRC-PA. “A representação santarena poderia fazer muito mais. Infelizmente faz parte de um sistema diretor que atende a minoria”, informou.

Nossa reportagem perguntou ao representante administrativo do CRC-PA, quanto a denúncia de um possível falsário contabilista, atuando nos municípios de Itaituba e Ruropólis. “O conselho tem uma atitude equivocada na fiscalização, ao fazer essa ação somente no profissional que atua de forma assoberbada e esquece do leigo. Esse é um mal profissional que deve ser inclusive preso, por falsidade ideológica”, avalia José Luiz.

Além de contador, vice-diretor administrativo do CRC-PA, José Luiz luta pela transformação no setor de contabilidade, através da várias obras literárias, como o oitavo trabalho, IFRS – Normas Internacionais para a Contabilidade de Pequenas e Médias Empresas. Nessa linha de inovação, lança o convite a todos os contadores interioranos, em especial os santarenos, a participarem do grande Congresso Nacional de Contabilidade, no próximo ano. Um momento para a categoria em todo Brasil.

Fonte: RG 15/O Impacto e Alciane Ayres

5 comentários em “Eleição no CRC-PA: “Mudança e Valorização”

  • 13 de novembro de 2011 em 00:02
    Permalink

    Para que possamos viver em democracia é necessário que ocorra alternância no poder para que novas idéias e pensamento sejam colocados em prática, e assim buscarmos novos ideais. José Luiz Votei em vc assinei esse cheque em branco para que vc faça o melhor por nossa classe contábil. Que clama por melhoras em todos os sentidos.

    Resposta
  • 4 de novembro de 2011 em 18:19
    Permalink

    Não concordo com os comentários citados pelo Prof. José Luiz, alias, ele faz parte do CRC na atual gestão. Nossa representação no interior, principalmente em Santarém, que é o Conselheiro Andersom Amaral, ajudou muito a classe nesse período que ele está no CRC como na sua gestão como Delegado. Ele sabe nossa realidade no interior. Muitos foram os foruns, palestras, encontros, fiscalizações, atos que mostram sua eficiencia e, principalmente, sua conduta Ilibada, de homem correto e que realmente luta pela classe. Com esses comentários infelizes do colega Contador José Luiz, nos dá a certeza de que o voto correto é na CHAPA1.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2011 em 11:20
    Permalink

    Concordo com o Tapajos. Precisamos de valorização. A classe é humilda pelos órgãos da administração pública.

    Resposta
  • 3 de novembro de 2011 em 09:06
    Permalink

    Amigos,
    Fui aprovado no exame de suficiência do CFC, e o que pude perceber e total inercia do CRC-Pa que centraliza tudo em belém, aqui em santarém temos uma delegacia que só e figuração não tem poder pra nada e passa boa parte do dia fechado, as palestras de capacitação estão todas centralizadas em belém, para uma classe forte de contadores temos que ter entidade forte, e união entre colegas contadores.

    Resposta
  • 2 de novembro de 2011 em 17:50
    Permalink

    Sobre o Professor José Luiz Fernandes jamais recaiu qualquer suspeição de conluio, nepotismo ou conchavos políticos a fim de beneficiar alguns profissionais em detrimento de uma imensa classe. Pelo contrário, sua retidão e atitude íntegra sempre pautaram as ações e atitudes dirigidas à classe contábil e a todos os que o cercam. Não percamos a oportunidade única de levar à presidência do CRC um profissional que está à altura de nomes renomados da contabilidade nacional. Atualmente o Ilustre Professor José Luiz é o docente com maior projeção e produção literária contábil do estado do Pará. Além dos oito livros o professor é autor de diversos artigos científicos e técnicos aprovados em importantes eventos nacionais e muitos dos quais premiados. Isto representa o reconhecimento do valor e da qualidade do conhecimento científico e profissional produzido em solo genuinamente paraense.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *