114 novos médicos para o interior do estado do Pará por meio do Provab

Ministro Padilha com deputados Airton Faleiro e Sandra Batista
Ministro Padilha com deputados Airton Faleiro e Sandra Batista

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esteve nesta terça-feira, 12, em Belém para ministrar aula de orientação aos médicos que irão atuar na segunda edição do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab).  A aula aconteceu pela manhã no Centro Benedito Nunes, da Universidade Federal do Pará – UFPA. Entre as autoridades presentes o deputado estadual Aírton Faleiro (PT) representou a Assembléia Legislativa. “Considero este programa muito inteligente, pois ao mesmo tempo que valoriza o profissional da saúde, o aproxima da realidade dos usuários e leva o atendimento à lugares onde não tem médico”, disse Faleiro.

Ministro Padilha com autoridades
Ministro Padilha com autoridades

Os médicos acolhidos no programa atuarão por meio de atendimento em unidades básicas em municípios paraenses e nas ilhas da capital. Também contarão com acompanhamento de professores da Universidade Federal do Pará (Ufpa) e Universidade do Estado do Pará (Uepa).

O que é o Provab?– O Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab) tem o objetivo de incentivar médicos recém-formados a trabalharem, por um ou dois anos, em municípios de maior necessidade e em periferias das grandes metrópoles, possibilitando um conhecimento maior da realidade do país e estimulando projetos de provimento e fixação de médicos.

Para esses profissionais serão oferecidas supervisões a distância pelo Telessaúde Brasil Redes e supervisões semipresenciais. Haverá a possibilidade de especialização em Saúde da Família e Comunidade através da UNA-SUS, que disponibilizará módulos de atualização nos temas de maior necessidade.

Além disso, esses médicos terão 10% de bônus para os concursos de residência quando bem-avaliados depois de um ano no programa. Todas as instituições que oferecem programas de residência médica de acesso direto serão obrigadas a conceder o bônus de 10%. Quem atuar durante um ano terá 10% de pontuação adicional na nota final. Já aqueles que participarem do programa durante dois anos, receberão 20%. (Ministério da Saúde).

 

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom

 

Um comentário em “114 novos médicos para o interior do estado do Pará por meio do Provab

  • 12 de março de 2013 em 23:08
    Permalink

    É justo que esses novos médicos retribuam a população parte do que receberam das Universidades gratuitas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *