Educadora que iniciou projeto em Santarém é premiada em São Paulo

Cláudia Saleme
Cláudia Saleme

O Projeto Mottainai de autoria da Gestora e Educadora de Sustentabilidade Ambiental CLÁUDIA SALEME, do CEAESP (Centro Avançado de Estudos na Gestão Pública e Privada) participou no V FÓRUM DA PROMOÇÃO DA SAÚDE e Experiências Bem Sucedidas em Promoção da Alimentação Saudável que ocorreu no dia 13 de novembro, no auditório da Faculdade de Saúde Pública, com a publicação em artigo e apresentação de banner do Projeto que desenvolve na Escola Municipal de São Paulo José Honório Rodrigues.

O “Projeto Mottainai: Educação e Sustentabilidade Ambiental”, inscrito na área temática de Desenvolvimento Sustentável, desenvolvido na Escola Municipal de São Paulo José Honório Rodrigues, recebeu a Premiação de Menção Honrosa pela Secretaria de Saúde do Governo de São Paulo e realizadores do evento: DCNT (Divisão de Doenças Crônicas Não Transmissíveis), CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica) e CCD (Coordenadoria de Controle de Doenças).

Momento em que Cláudia Saleme defendia seu trabalho em São Paulo
Momento em que Cláudia Saleme defendia seu trabalho em São Paulo

“O Programa de Educação e Sustentabilidade Ambiental incentivou a mudança comportamental de atitudes e práticas diárias. O comprometimento em defender o meio ambiente tem por finalidade contribuir com a área da saúde pública e educacional, socializando a área juvenil e interagindo com a comunidade paradespertar o interesse em criar e inovar capacidades, adquirir conhecimento e mecanismos de alternativas para o cotidiano”. (Educadora Cláudia Saleme).

Cláudia Saleme, que estudou Gestão Ambiental no IESPES e iniciou este Projeto em 2006 na cidade de Santarém (Pará), hoje Mestranda em Saúde Pública na cidade de São Paulo, recebe o reconhecimento pelas incansáveis práticas em defesa de um mundo mais sustentável, começando pela educação, onde participa de vários trabalhos em prol do desenvolvimento dos oitos objetivos do milênio (ODM).

Fonte: RG 15/O Impacto 

Um comentário em “Educadora que iniciou projeto em Santarém é premiada em São Paulo

  • 21 de novembro de 2013 em 15:49
    Permalink

    VEJA BEM NÃO TEM 1 SANTARENO/A QUE ESCREVE FELICIDANDO A FILHA DA CIDADE.
    JÁ FALEI QUE SANTARENO/A NÃO GOSTA DO CO-IRMÃO, VENHO OBSERVANDO ISSO AQUI NESTA CIDADE. AQUI É SÓ CRITICAR. ETA ZÉ POVINHO!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *