Vivo lidera ranking de denúncias no Procon em Santarém

Silvânia Melo, Diretora do Procon
Silvânia Melo, Diretora do Procon

Uma estatística feita pelo Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Santarém aponta que a empresa de telefonia móvel Vivo lidera o topo do ranking de reclamações de usuários, na cidade. A pesquisa mostra que na lista das empresas de telefonia mais processadas, está a Vivo com 116 reclamações protocoladas.
Em segundo lugar está a Claro, com 50 reclamações. A empresa de telefonia fixa Oi está no terceiro lugar com 41 reclamações. Na área da telefonia móvel, fixa e internet, somam 207 reclamações. Muitas das denúncias fundamentadas contra essas empresas foram resolvidas a favor do consumidor.
“Só damos início a processos quando as denúncias são fundamentadas. E a gente percebe que as reclamações têm sido de toda ordem, primeiro a contratação de serviços que o consumidor não fez, contrato que o consumidor não consegue cancelar e cobranças abusivas. Sem falar, é claro, da má prestação do serviço de maneira geral”, explica a coordenadora do Procon Municipal, advogada Silvania Melo Bezerra.
As reclamações no Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Santarém são em sua maioria em relação ao serviço de telefonia móvel e fixa, incluindo a internet. Logo depois, nesse ranking vêm as reclamações do serviço de energia elétrica fornecido pela concessionária Celpa Equatorial, em seguida uma empresa de compra premiada, a Eletro Dez. As demais entre o maior número de reclamações estão a Caixa Econômica Federal, Sky do Brasil e a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa).
No primeiro semestre, a central do Procon Municipal recebeu a soma de 764 reclamações. Dentre as quais foram resolvidos mais da metade, 480 processos. 28 não tinham fundamento e 210 estão em andamento.
Os casos envolvendo a Celpa Equatorial são em sua maioria resolvidos. No final do ano passado foi feito um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com a Celpa Equatorial. As entidades Procon, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Ministério Público Estadual (MPE) entraram com ações para que a empresa desse uma maior atenção aos prejuízos causados por conta das falhas no serviço. “A gente pode comparar o número de reclamações da telefonia com a prestação de energia elétrica, mas temos tido uma queda substancial no número de reclamações do consumidor”, diz Silvania Melo.
Sobre os prejuízos causados pelo serviço ruim de telefonia prestado, os consumidores devem sempre priorizar “primeiro a devolução, daquilo que você pagou pelo serviço que não recebeu, essa é a principal reparação prevista no Código de Defesa do Consumidor. O dano extra ou indenização de perdas e danos o consumidor precisa dar entrada ao Juizado de Relações e Consumo”, explica Silvania.
Os consumidores que tiverem reclamações que julgam ser procedentes devem ligar para o Disk 151 ou se dirigir pessoalmente ao Procon do seu Município, portando os documentos de identificação (RG e CPF), cópia do comprovante de residência, cópia das faturas em questão, e principalmente o protocolo de atendimento por telefone ou pessoalmente da empresa reclamada.
“Quanto mais o consumidor reclamar, quanto menos ele deixar pra lá, a gente vai realmente forçar uma postura diferenciada do fornecedor”, diz Sivânia Melo.

Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Vivo lidera ranking de denúncias no Procon em Santarém

  • 8 de setembro de 2015 em 16:59
    Permalink

    Eu moro em Juruti PA eu quero fazer uma denúncia aqui existe vários comentários que estão adotando a seguinte manobra cobro de 5% a mais em qualquer compra no cartão ou no ticket sendo no crédito mas não cobro no débito o que podemos fazer é o que o procon pode fazer pra coibir essa prática

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *