Polícia Federal de Santarém incinera cocaína apreendida em Rurópolis

Cocaína incinerada pela PF
Cocaína incinerada pela PF

A Polícia Federal de Santarém incinerou, na manhã desta sexta-feira (26), 280 quilos de pó de cocaína que haviam sido apreendidos no dia 15 de dezembro em Rurópolis, oeste do Pará, na BR-163, quando era transportada por um caminhão que saiu do Mato Grosso. O material estava escondido num fundo falso na carroceria do veículo. O motorista foi preso e levado à penitenciária Silvio Hall de Moura, em Santarém.
A Justiça atendeu ao pedido da polícia com urgência por se tratar de uma grande quantidade de drogas. “Houve uma alteração na Lei Antidrogas que, por questões de segurança e praticidade, determina que as incinerações sejam feitas com urgência. Temos outras apreensões menores, que a gente vai juntar uma quantidade significativa ”, explicou o delegado Gecivaldo Vasconcelos.
A apreensão ocorreu após uma denúncia anônima. Os agentes da PF desconfiaram do nervosismo do motorista e acharam a droga no fundo falso. Além disso, a placa era de um estado ao qual o caminhão não pertencia. O motorista foi preso por tráfico de drogas e disse não saber o destino do material.
Segundo a polícia, caso o material fosse misturado a outras substâncias, poderia chegar a meia tonelada de entorpecente. “Aí está a cocaína pura em forma de pó. Diríamos que, em se tratando de cocaína, é a forma de apresentação mais nobre da droga”, concluiu o delegado.
Fonte: RG 15/O Impacto e G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *