Vereador denuncia médicos que cobram pelo SUS

Vereador Nicolau do Povo
Vereador Nicolau do Povo

O vereador Nicolau do Povo, em contato com nossa reportagem, informou que denunciou na tribuna da Câmara de Vereadores de Santarém, um problema já antigo dentro do Município: A cobrança em procedimentos médicos dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). Para Nicolau, a longa fila de espera e a necessidade da recomposição imediata da saúde têm levado a população a desfazer-se de suas economias, para pagar pelos referidos procedimentos. O parlamentar destacou que “não se pode generalizar e condenar a classe médica, porém, a prática parece mais corriqueira do que se imagina e as denúncias chegam de pessoas humildes, usuárias do serviço público de saúde”.

O Vereador apresentou documentações com alguns dos motivos para o desespero da população, dentre os quais, a longa fila de espera para realização dos procedimentos cirúrgicos. No calor das argumentações, foi suscitada a possibilidade de se formar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para fazer frente às investigações, haja vista tratar-se de assuntos com interesse direto do Município e envolvimento de verbas públicas.

O Vereador finalizou seu pronunciamento alertando que está colhendo informações mais detalhadas, cuja conclusão encaminhará à comissão de Saúde da Câmara de Vereadores, Secretaria e Conselho Municipal de Saúde, além dos Ministérios Públicos Federal e Estadual.

JATENE NÃO GOSTA DE SANTARÉM: Não é de hoje que denunciamos as obras que foram iniciadas pelo governo do Estado em Santarém e que ficaram paralisadas, principalmente na época da campanha eleitoral quando aqui desembarcaram Governador, vice-Governador, secretários e candidatos a cargos políticos, anunciando aos quatro cantos do vento grandes obras em nossa cidade e em municípios da região Oeste. Em Santarém, obras como do Estádio Colosso do Tapajós, ginásio poliesportivo, Escola Técnica e de várias escolas estaduais estão todas paradas. Tal fato fez com que os vereadores Junior Tapajós (PMDB); Ivete Bastos (PT) e Nicolau do Povo (PP), durante sessão da Câmara desta semana, criticassem o governo do Estado, com relação a essas obras, que depois das eleições foram paralisadas.

CIDADE ESTÁ ENTREGUE ÀS BARATAS: O vereador Nicolau do Povo (PP), em contato com nossa reportagem, manifestou-se de forma a cobrar com veemência a atuação do governo estadual, que disse ser ausente do município de Santarém. Para Nicolau, o governador Simão Jatene passa uma idéia de que tem raiva do povo de Santarém. “Nós enquanto Vereador cobramos, infelizmente não temos respostas, a cidade está sucateada em nível de Estado, são obras inacabadas, infelizmente com relação ao governo estadual, nós estamos entregue às baratas”, finaliza Nicolau do Povo.

COSANPA ESTÁ TOTALMENTE DESACREDITADA: De acordo com Junior Tapajós, há necessidade de mudar essa prática de governantes, que deixam para fazer obras somente em ano eleitoral. “Santarém, teve quatro anos perdidos com esse Governador e possivelmente vamos perder mais três, porque possivelmente só vai concluir as obras em ano eleitoral”, disse Tapajós. Para o parlamentar, somente na próxima campanha é que vamos ter em Santarém a conclusão das obras do estádio, ginásio poliesportivo e investimentos da Cosanpa acabados. Junior Tapajós destaca principalmente as obras da Cosanpa, que prometiam sanear 90% do abastecimento d’água em Santarém e que estão paralisadas. “A Cosanpa está totalmente desacreditada em Santarém”, conclui Junior Tapajós.

OBRAS DAS ESCOLAS PARALISADAS: A vereadora Ivete Bastos (PT) mostrou-se indignada principalmente com as obras de reforma das escolas estaduais em Santarém, que depois de começadas não foram dadas continuidades e estão paralisadas. “Educação deve ser prioridade para o governo, o que não parece ser em Santarém, com relação à gestão estadual, já a recuperação de várias escolas iniciada há dois anos nenhuma está concluída”, sustenta a Vereadora. Mais que isso, a parlamentar voltou a questionar as rodovias estaduais, a exemplo da 370 (Santarém Curuá-Una), que sofre o descaso governamental. Neste caso, Ivete Bastos chama a atenção da Secretaria Municipal de Transporte, para que atue na fiscalização dos transportes coletivos, que conduzem passageiros na área rural. “Esse povo além de não ter como escoar suas produções, passa humilhações dentro dos transportes, viajando em média mais de duas horas para chegar ao destino de suas localidades, na região do planalto santareno e para chegar até Santarém”, denunciou a parlamentar.

Por: Jefferson Rocha

Um comentário em “Vereador denuncia médicos que cobram pelo SUS

  • 1 de março de 2015 em 09:06
    Permalink

    Parabéns, o verdadeiro vereador cumprindo com seu dever em favor do povo e do seu municipio.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *