Vendedor tem perna decepada em grave acidente em Itaituba

Vendedor de batata frita teve perna decepada
Vendedor de batata frita teve perna decepada

A irresponsabilidade do condutor de um veículo Corsa, que segundo a Polícia, estaria bêbado, causou um acidente grave vitimando o vendedor ambulante de batatas Francisco Vieira Nunes, de 58 anos. O acidente ocorreu na madrugada de sexta-feira (05) na Rodovia Transamazônica. O vendedor de batatas retornava para sua casa após mais um dia de trabalho. Ele foi atingido por trás pelo Corsa JWP 8921 Cinza que era dirigido pelo mecânico Sandro Gomes Nunes, de 23 anos, que não tem Carteira de Habilitação e acabou fugindo sem prestar socorro.

Esposa da vítima pede Justiça e ajuda do motorista atropelador
Esposa da vítima pede Justiça e ajuda do motorista atropelador

Horas depois o atropelador foi preso e levado para a 19ª Seccional de Polícia, pagou fiança de seis salários mínimos e foi liberado no dia seguinte, sábado (06). Quem esteve à frente do caso foi a delegada Suelen Costa, que explicou que nas leis do trânsito brasileiro esse tipo de crime é afiançável. A esposa da vítima disse seu que marido está na UTI em Santarém e perdeu a perna esquerda, estando esperançosa que ele sobreviva apesar da gravidade do acidente.

Delegada Suelen Costa está à frente do caso
Delegada Suelen Costa está à frente do caso

Ela conta que Francisco caminhava tranquilamente às margens da Rodovia, às proximidades do Posto Equador, quando foi atropelado por trás. Sua família sobrevive da venda de batatas, já que seu filho também trabalha no mesmo ramo e ela agora terá que se virar sozinha, mas espera que tenha a ajuda devida do causador da tragédia. A vítima reside na 8ª Rua nº 603. Bairro da Floresta.
Fonte: RG 15/O Impacto e Nazareno Santos, com fotos de Junior Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *